Pensando na Libertadores, Palmeiras deve poupar titulares contra a Ponte Preta
Gilson Kleina "sonha" com a volta de Henrique, Kléber e Valdivia (Foto:Almeida Rocha/Folhapress)

 O Palmeiras vai repetir a “estratégia” da última rodada do Paulistão, quando entrou em campo com um time misto para enfrentar o Linense – e venceu por 2 a 1. Neste final de semana, o Verdão enfrenta a Ponte Preta e deve novamente poupar alguns jogadores.

Com 11 desfalques no jogo contra o Tigre, Gilson Kleina não querer correr o risco de novamente ter que improvisar e aumentar a “coleção” de desfalques no Verdão. “Vamos repetir o que fizemos na semana passada. Não posso perder mais atletas. Espero que alguns possam voltar na quinta-feira, mas preciso preservar quem vem jogando mais” disse o treinador.

Um dos jogadores que deve ganhar uma folga é o zagueiro Maurício Ramos – ele é o único atleta da posição que tem condições de enfrentar o Libertad-PAR, já que Henrique ainda se recupera e Vilson que também atua como zagueiro está suspenso – os outros zagueiros liberados são da base e não contam com a confiança da torcida e do treinador. Outros jogadores que devem ficar de fora nesse final de semana são: Juninho, Charles e Márcio Araújo.

“A próxima semana será especial para nós [Palmeiras]. Temos o jogo contra a Ponte Preta e precisamos somar pontos. Depois, o confronto contra o Libertad, que pode ser chamado de jogo de seis pontos por valer a liderança do grupo. Temos de estudar bem os dois jogos, analisar as opções e escalar o melhor time possível. Posso garantir que o torcedor verá uma equipe muito forte nas duas partidas” afirmou o treinador palmeirense.

O Palmeiras atualmente é o sétimo colocado, com 28 pontos. O Verdão ainda busca uma vaga entre os quatro primeiros para ter vantagem de atuar em casa nas quartas de final.  

VAVEL Logo