Ponte volta a vencer e arranca vice-liderança
A equipe da Ponte Preta, entrou em campo neste domingo (14) e venceu no placar de 2 a 0 sobre o Mirassol. A Macaca que jogou para se reabilitar após a primeira derrota no ano - contra o Palmeiras, no último domingo - voltou a vencer e conquistar o segundo lugar na classificação do Paulistão. O adversário - que vive momento oposto da Macaca - jogou para buscar os três pontos e lutar contra a zona de rebaixamento, mas saiu com a derrota em Campinas.
 
O JOGO
 
Primeiro tempo, a Macaca abre o placar
 
A Ponte Preta que jogou no esquema 4-4-2 e em casa, aproveitou as oportunidades que teve durante a partida e se sobressaiu contra o seu adversário no Majestoso. Com mais qualidade técnica, boas bolas aéreas e jogando em grupo, a Macaca jogou com tranquilidade e teve facilidade em criar suas jogadas. Porém, nos primeiros minutos de jogo, a partida fica truncada sem possibilidades de ataque para ambas as equipes. 
 
O Mirassol, permaneceu na defensiva com dificuldades de encontrar espaços para atacar. Já a Ponte de Guto Ferreira, começa a se movimentar mais e, aos oito minutos de jogo, abre o placar com Chiquinho. Após lançamento certeiro de Baraka, o meia recebe a bola e conta com espaço livre, aberto pela zaga adversária. Ajeita no pé e chuta para o fundo do gol de Emerson, que fica sem chances de defesa. Com o balanço das redes, foi possível escultar os gritos da torcida Pontepretana "Ponte, Ponte!".
 
A Macaca segue fazendo o jogo sem pressa, com tranquilidade e sem muitas preocupações em atacar. A equipe do Mirassol cria passes no meio de campo, mas não consegue responder em resultados. A partida fica equilibrada e sem muitas exibições após o primeiro gol. A Ponte segue com mais qualidade técnica e com chandes de abrir novamente o placar. Aos 31 minutos, Alemão dá o passe para Arthur, que chuta para o gol e marca mais um para a Macaca. Mas, o bandeira marca o impedimento e nada valeu.
 
O Mirassol assusta logo depois com o lateral Pio. Em cobrança de falta, a bola passa perto do gol de Edson bastos e quase balança as redes do goleiro. Logo após, o zagueiro Ferron sente uma das pernas e é substituído nos últimos minutos, por Diego Sacoman. A Ponte Preta seguiu administrando a vitória e se destacou pelas jogadas que criou.
 
Segundo tempo, Ponte joga tranquilo e garante a vitória com mais um
 
A partida começou ainda mais tranquila para a equipe da Ponte Preta. O clube que já havia arrancado um no primeiro tempo, só se preocupou em administrar o jogo e, quem sabe, apliar com mais um no segundo tempo. A Macaca segue sem fazer muita força, com técnica acima do adversário e jogando pelo coletivo. Mesmo com o desempenho apagado de seus zagueiros e laterais, a equipe soube aproveitar a má fase do Mirassol e jogar sem muita pressão. A Macaca joga com muita troca de passes e dificulta o rival, que ataca com ansiedade e não obtém resultados lá na frente. O clube também tem dificuldades em armar contra-ataques e diminuir no placar. O time de Campinas - que também não dá espaços - leva o jogo em ritmo equilibrado e assegurando a vantagem.
 
O jogo segue equilibrado até o momento. Mas, aos 42 minutos, o destaque mais um vez foi Chiquinho. O atacante avança pela esquerda, invade a área e chuta forte para o gol de Emerson, que não consegue segurar. Torcida Pontepretana faz a festa e agita o Moiséis Lucarelli, em Campinas. Seguindo sem marcar, o Mirassol sentiu o resultado dentro de campo, sem chances de reagir. 
 
A campanha invejável da Macaca no Paulistão é de ser aplaudida. Em nove partidas disputadas, a equipe venceu seis jogos, teve dois empates e apenas uma derrota para o Palmeiras. Como visitante neste domingo (14), o Mirassol continua com desempenho fraco com apenas uma vitória no campeonato. Com o resultado de hoje, a Ponte Preta chega aos 37 pontos e avança na vice-liiderança do Paulistão. Já o Mirassol, permane na degola com 15 pontos. 
VAVEL Logo