Veranópolis elimina o Passo Fundo e segue para as semifinais da Taça Farroupilha

Diante de um Vermelhão da Serra com um grande público, Passo Fundo e Veranópolis decidiram o terceiro semifinalista da Taça Farroupilha, returno do Campeonato Gaúcho. As equipes protagonizaram um jogo pouco atraente tecnicamente, mas com bastante entrega e correria. Sem gols, a partida foi decidida na marca da cal, onde brilhou o goleiro João Ricardo, que pegou dois pênaltis.

Os mandantes começaram com a iniciativa, tentando manter a bola o máximo possível no campo adversário. As primeiras oportunidades surgiram em chutes de longe, que exigiram muito pouco dos arqueiros. Depois de 10 minutos de estudo, aos 12' Juninho fez grande jogada, passando por 3 adversários, e chutou de longe, obrigando Bruno Grassi a fazer ótima defesa. O Passo Fundo aumentou o volume do seu jogo, mas foi o Veranópolis quem chegou perto do gol novamente, aos 22', em cobrança de falta de Ednei que explodiu no poste esquerdo.

O técnico Beto Campos, dos donos da casa, foi obrigado a fazer duas trocas em menos de 5 minutos, quando Branquinho e Jânderson sentiram lesões, e deram lugar a Léo Mineiro e Gil, respectivamente. Juninho ainda teve mais uma chance, perdendo sozinho dentro da área. No entanto, nada além disto aconteceu na etapa inicial, que teve seu fim decretado em meio a um contra-ataque com chance de gol do Passo Fundo, o que gerou reclamação dos jogadores e torcida para cima do árbitro Márcio Chagas da Silva.

A etapa complementar começou com o Veranópolis melhor em campo, procurando o gol e tomando conta do campo do Tricolor passo-fundense. Quando os visitantes eram melhores, Léo Mineiro começou sua sessão de desperdício de gols. Primeiro, errando após ótimo contra-golpe. Depois, mesmo impedido, errou sem goleiro. A arbitragem também não ajudou Léo, não dando um pênalti sobre ele, tampouco validando uma jogada onde foi marcado impedimento do avante do Passo Fundo.

João Ricardo seguia fazendo boas intervenções e o Veranópolis se segurava do jeito que dava, sobretudo após a expulsão de Anderson Luís. Mesmo assim Itaqui quase abriu o marcador em cobrança de falta, aos 43'. O Passo Fundo tentou pressionar, conseguiu alguns escanteios, mas não criou nenhuma chance clara de gol. A impressão inicial se confirmou: teríamos decisão por pênaltis.

E quando fomos para a marca penal, apareceu muito bem o arqueiro João Ricardo, do Veranópolis, que pegou as cobranças de João Paulo e Chiquinho. Léo Mineiro e Júlio Santos anotaram para os donos da casa. Itaqui, Ednei, Escobar e Lê marcaram para o Veranópolis, que chega a sua 3ª semi-final de turno desde que o atual formato foi instituído, em 2009.

Juventude derrota o Novo Hamburgo e também é semifinalista

Jogando no Alfredo Jaconi, na noite deste sábado (20), o Juventude fez valer o fator local e derrotou o Anilado por 3 a 2. O Alviverde chegou a abrir 3 a 0, com os gols de Zulu (seu 50º com a camisa do clube), Rafael Pereira e Rogerinho. Paulinho Macaíba marcou duas vezes para o Novo Hamburgo, mas a reação parou por aí. O Juventude espera o vencedor do confronto entre Grêmio e São Luiz, nessa segunda-feira (22), na Arena do Grêmio.

VAVEL Logo