Marcos González (CHI) aos 7, Réver (BRA) aos 24 do primeiro tempo, Neymar (BRA) aos 9, Vargas (CHI) aos 18 do segundo tempo.
Brasil empata com o Chile e é vaiado no Mineirão

Brasil empata com o Chile e é vaiado no Mineirão

No último jogo antes da Copa das Confederações, Seleção não empolgou e ficou no 2 a 2 (Foto: Reprodução / EFE)

zubaortiz
Zuba Ortiz

Na última partida antes da Copa das Confederações, o Brasil jogou mal e empatou em 2 a 2 com o Chile,  no novo estádio do Mineirão.  No fim da partida, os torcedores mineiros começam a gritar “olé” durante as trocas de passes dos chilenos e, além disso, muitas vaias foram ouvidas a determinados jogadores, principalmente, Neymar.

O jogo começou com os dois times errando muitos passes e não criando boas chances, além disso, Neymar tinha marcação individual, o que atrapalhava o jogador do Santos.

Mas com uma marcação sob pressão, o Chile abriu o placar logo aos 7 minutos. Depois de uma cobrança de falta, Dedé e Diego Cavalieri se enrolaram e a bola sobrou para Cortés que tocou de cabeça, a bola continuou viva na área e Gonzáles subiu mais que Réver e fez 1 a 0 para o time do técnico Jorge Sampaoli.

Depois do gol, o Chile continuava melhor em campo, enquanto o Brasil esbarrava na marcação e nos constantes erros de passe, que irritavam a torcida presente no estádio. Pouco depois, aos 12 minutos, Dedé saiu jogando errado e Mena só não ampliou,  porque o goleiro do Fluminense fez excelente defesa.

O Brasil esboçava uma reação ainda que tímida e criou chance com Jadson que bateu cruzado e viu a bola explodir na trave, na sobra, o Brasil não aproveitou.

Aos 22 minutos, o Chile novamente levou perigo, em uma bicicleta de Rubio, depois de passe de Vargas. Dois minutos depois, Neymar bateu escanteio e Réver subiu mais que a defesa chilena para deixar tudo igual.

Ainda no primeiro tempo, Réver cometeu um pênalti em Meneses, que não foi marcado pelo árbitro Carlos Amarilla.  Depois de perder algumas chances, Neymar começou a ser alvo de vaias da torcida, assim como toda a seleção ao final do primeiro tempo.

No segundo tempo, o Brasil voltou melhor e, logo no início, viu Jadson lançar Pato, que frente a frente com Herrera, tocou para Neymar, que sozinho, virou o placar, fazendo 2 a 1 para o Brasil.

Depois de dominar a partida, mas sem criar boas chances, o Brasil viu Vargas acertar um belo chute e empatar novamente a partida, 2 a 2.

Com o empate, as duas equipes passaram a segurar mais e se arriscar pouco e, nas chances criadas, nenhuma com grande perigo. Osvaldo – que entrou no segundo tempo no lugar de Jadson – sofreu um pênalti, também ignorado pelo árbitro. Antes do apito final sobrou tempo para Leal ser expulso depois de uma solada em Fernando.

Com o apito final, mais de 53 mil torcedores saíram insatisfeitos do Mineirão, com direito a olé no toque de bola dos chilenos e gritos de “Neymar Pipoqueiro”.

VAVEL Logo
CHAT