Palmeiras segura o 0 a 0 com o Tijuana

O Palmeiras mais uma vez surpreendeu nessa Libertadores. O time, após enfrentar 17 horas de viagem e o tão temido gramado sintético, conseguiu um empate em 0 a 0 no México, diante do Tijuana. Além de toda a superação, foi a primeira vez que o Verdão não saiu derrotado de uma partida fora de casa pela Libertadores 2013.

Com o resultado, o Palmeiras precisa de qualquer vitória para se garantir nas quartas de final e enfrentar o vencedor do duelo brasileiro entre Atlético-MG e São Paulo – que fazem o primeiro jogo na próxima quinta-feira (02). Caso empate sem gols a decisão será nos pênaltis. Qualquer empate com gols classifica o time mexicano.

O Palmeiras levou pressão do time da casa, mas contou com uma boa atuação do goleiro Bruno – que substituiu o titular Fernando Prass também na partida contra o Santos. Além disso, os atacantes mexicanos perderam diversos gols.

No primeiro tempo, o Palmeiras começou melhor e marcou o time mexicano no campo de ataque, criando boas chances e levando perigo ao gol do Tijuana. O lance de maior perigo foi uma jogada individual de Wesley, que foi derrubado por trás, mas o árbitro mandou seguir. Depois disso, o Tijuana foi pra cima e também criou boas chances de gol, sempre esbarrando no goleiro Bruno ou na péssima pontaria de seus atacantes. No final do primeiro tempo, o Tijuana teve a chance mais clara, quando Moreno recebeu de frente com Bruno, mas acabou isolando a bola.

No segundo tempo, o Tijuana voltou pressionando e novamente perdia várias chances e parava na atuação de gala de Bruno – que foi o melhor jogador do Palmeiras na partida.  No final, o Palmeiras resolveu reforçar seu sistema de marcação e ficou satisfeito com o empate em 0 a 0.

O Palmeiras volta a campo apenas daqui a duas semanas, no dia 14 de maio, às 22h, no Pacaembu, na partida que vale a vaga na próxima fase.

VAVEL Logo