Michael é flagrado em exame antidoping por uso de cocaína
(Foto: Nelson Pérez/Fluminense FC)

O clima no Fluminense não é dos melhores. Depois de Deco ser flagrado em exame antidoping, outro jogador também caiu na malha fina. Michael, de 20 anos, teve sua urina recolhida após a vitória sobre o Resende por 2 a 0 no dia 6 de Abril. Na tarde desta terça-feira (07), foi constatado que a substância usada pelo atleta se tratava de cocaína.

Revelado pelo Fluminense, Michael pode pegar gancho de até 2 anos.

Procurado, o diretor executivo do clube, Rodrigo Caetano, limitou-se a dizer que concederia entrevista coletiva na sala de imprensa em breve. Revelado no Fluminense, Michael pode pegar gancho de até 2 anos. O presidente da Federeração de futebol do Rio, Rubens Lopes, comentou sobre o caso.

"Somente depois que o atleta fizer ou não a contraprova é que a informação oficial vem para mim. Por enquanto, fui comunicado de que houve um resultado anormal. Se o jogador não quiser fazer a contraprova, já será considerado infrator, e irá pra o tribunal se defender. A coisa está em segredo de justiça" - explicou.

Michael, que também irá conceder entrevista coletiva em breve, ainda fará o exame contraprova.

Cocaína faz nova vítima

Michael não foi o primeiro a ser flagrado com essa substância. Em 2009, o atacante Jóbson foi suspenso quando jogava pelo Botafogo. O Tribunal aplicou pena máxima e o jogador foi punido por 2 anos.

VAVEL Logo