Fred marca, Fluminense vence e se classifica para as quartas de final
(Foto: AFP)

Fluminense e Emelec entraram em campo nesta quarta-feira (08) com um único foto: a classificação para a próxima fase da Libertadores. Em um jogo catimbado e com duas expulsões, o Fluminense venceu por 2 a 0 com gols de Fred e Carlinhos. Com a vaga garantida, a equipe tricolor espera o vencedor do confronto entre Tigre (ARG) e Olímpia (PAR) para conhecer seu adversário nas quartas de final.

Fred marca em um primeiro tempo recheado de faltas

Buscando a classificação, o Fluminense entrou a campo empurrado pela sua torcida para enfrentar um Emelec retrancado e faltoso. Fred, mesmo voltando de lesão, não se omitiu na hora de buscar jogo e todas as boas chances tricolores passaram pelo pé dele. A primeira boa chance saiu dos pés de Carlinhos que após fazer boa jogada na esquerda, cruzou na área e obrigou Dreer a jogar para escanteio. Apesar da pressão inicial, o Fluminense se mostrava nervoso em campo. Em erros singulares de Thiago Neves e Jean, o Emelec assustava no contra-ataque.

O primeiro tempo foi marcado pelo alto número de faltas por parte da equipe equatoriana. Enfrentando uma forte retranca, o Fluminense só voltou a chegar com perigo aos 22 minutos quando Thiago Neves aproveitou bom cruzamento de Carlinhos para cabecear no cantinho, Dreer se enrolou com a bola e na sobra Wellington Nem quase abriu o placar. Se com bola rolando o jogo era complicado, a solução saiu na bola aérea. Em jogada de raça, Fred sofreu falta na lateral do campo. Wagner cobrou na cabeça do próprio Fred, que aos 30 minutos, abriu o placar em São Januário. A partida se normalizou após o gol, o Fluminense administrava a vantagem enquanto o Emelec não conseguia fazer seu jogo fluir.

Pressão, expulsões e o gol da classificação

Na volta do intervalo a postura tática das equipes era visivelmente diferente em campo. O Fluminense se segurava como podia enquanto o Emelec tentava o gol salvador de qualquer maneira. Logo no primeiro minuto a equipe equatoriana assustou. De Jesus fez boa jogada pela direita e cruzou para Valencia que só não marcou por que se enrolou com Digão e Cavalieri no lance. Se defendendo como podia, o Fluminense assustava apenas nos contra-ataques. Wellington Nem recebeu bom lançamento de Wagner e só não ampliou a vantagem pois se enrolou com a bola. Conforme os minutos passavam, a tensão tomava conta de São Januário.

O Emelec tinha a bola mas não conseguia atacar, o Fluminense se defendia mas perdeu o meio de campo. Entretanto, a violência presente em ambos os tempos da partida foi punida. Achillier cometeu falta em Wagner, matando o ataque, levou o segundo amarelo e foi expulso. Minutos depois, Quiñónez cometou falta dura em Rhayner e também foi para o chuveiro mais cedo. Em vantagem numérica a equipe de Abel Braga dominou o jogo e não demorou para marcar o segundo gol. Rhayner recebeu boa enfiada de bola de Wellington Nem e cruzou rasteiro para Carlinhos só ter o trabalho de rolar para o fundo das redes. Era o gol da classificação tricolor que definiria o placar final.

FLUMINENSE x EMELEC
GOLS 2 x 0
CHUTES A GOL 19 x 6
POSSE DE BOLA 53% x 47%
IMPEDIMENTOS 5 x 3
FALTAS 12 x 26

Com a classificação, o Fluminense agora espera o vencedor da partida entre Tigre (ARG) e Olímpia (PAR) para conhecer seu adversário nas quartas de final da Copa Libertadores. No primeiro jogo, a equipe argentina venceu em casa por 2 a 1 e precisa de apenas um empate no Paraguai para garantir sua vaga. As datas dos confrontos ainda serão definidos pela Conmebol.

VAVEL Logo