Jogadores do Fluminense exaltam espírito guerreiro contra o Emelec
Jogadores comemoram com a torcida após o apito final (Foto: Divulgação/Fluminense)

A derrota na final da Taça Rio para o Botafogo e a notícia dos casos de doping de Deco e Michael poderiam ser motivos para um principio de crise no Fluminense. Entretanto, o estigma de "time de guerreiros" não foi qualificado para a equipe tricolor a toa. Conhecido por ter combustão suficiente para se reerguer em momentos dificeis, o termo ficou popularizado após a fuga contra o rebaixamento em 2009 e pelas arrancadas para os títulos brasileiros de 2010. Contra o Emelec, a superação entrou em cena mais uma vez e foi exaltado pelos jogadores.

"Nós mostramos muita determinação ao longo dos noventa minutos, pois sabemos o que representa essa Libertadores para os nossos torcedores. Foi uma partida complicada, o Emelec deu trabalho e ainda usou um pouco de violência. Mas superamos isso tudo para alcançarmos o nosso objetivo" - declarou o meia Wagner, que sofreu durante a partida pelo número elevado da faltas cometidas pela equipe equatoriana.

Autor do segundo gol tricolor no jogo, o lateral esquerdo Carlinhos elogiou a postura da torcida em compareceu à São Januário e revelou a importância da mesma junto ao time. "A torcida fez a sua parte e soube tirar o máximo de cada um de nós. O espírito guerreiro deste time do Fluminense falou mais alto e conseguimos a classificação", comentou.

Figura importante no controle técnico e psicológico de seus jogadores, o técnico Abel Braga comentou sobre a superação dos seus atletas em uma semana complicada.

"Foi uma semana difícil, enfrentamos fatos que desmotivariam qualquer um. Mas Libertadores é Libertadores. Faltam 6 jogos para chegarmos ao lugar mais alto e a superação de hoje será importante no decorrer da competição." - afirmou o treinador.

Sem compromissos pelo campeonato estadual, o elenco tricolor ganhou alguns dias de folga e só se reapresentará na próxima segunda-feira (13). Com a classificação, o Fluminense agora aguarda o vencedor do confronto entre Tigre (ARG) e Olimpia (PAR) para conhecer o seu adversário nas quartas de final da Libertadores. No primeiro jogo, a equipe argentina - jogando em casa - venceu por 2 a 1 e necessita apenas de um empate fora de casa para garantir passagem para a próxima fase. A Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol) ainda não revelou as datas dos próximos confrontos.

VAVEL Logo