Com fim do Palmeiras B, Verdão economiza quase R$1 milhão por mês
Palmeiras B tinha como objetivo revelar jogadores, mas poucos jogadores foram aproveitados (Foto: Reprodução)

O Estado de S. Paulo publicou neste domingo uma reportagem que informa que o fim do time B do Palmeiras está fazendo o clube economizar quase 1 milhão de reais por mês. O time B encerrou suas atividades no dia 14 de abril, quando acabou rebaixado para a última divisão do estadual.

E para justificar a queda de gastos, o clube dispensou nada menos que 31 jogadores, entre eles João Arthur, Ramos e Clayton. Os jogadores continuam treinando no Verdão, mas não continuarão no clube.

O fim da equipe B faz parta da reestruturação do futebol promovido pela nova diretoria que assumiu este ano. O Palmeiras gastava em torno de R$ 1,7 milhões por mês com as categorias de base – o que incluía o time B. Com a extinção da “segunda equipe” o valor caiu quase 50%.

Além disso, o número de jogadores deve diminuir também, a categoria de base chegou a ter 53 jogadores. Para o coordenador das categorias de base, Erasmo Damiani, o número excessivo fazia o trabalho dos treinadores ficar mais complicado, por isso o número deve cair.  Com um número menor de jogadores, o Palmeiras espera revelar mais jogadores que sejam do clube e dispensar os atletas que tem seus direitos divididos entre vários empresários.

VAVEL Logo