Flamengo visa uma vaga na Libertadores, mas tem caminhada longa e complicada
Hexa é sonho distante para o Fla (Arte: Walter Paneque/VAVELcom)

Nome: Clube de Regatas do Flamengo

Ano de fundação: 1895

Mascote: Urubu

Títulos: 5 campeonatos brasileiros (1980, 1982, 1983, 1992, 2009, *1987 – Copa União), 2 Copas do Brasil (1990 e 2006),  1 Libertadores (1981), 1 Mundial de Clubes (1981) e 32 Estaduais (1914, 1915, 1920, 1921, 1925, 1927, 1939, 1942, 1943, 1944, 1953, 1954, 1955, 1963, 1965, 1972, 1974, 1978, 1979, 1979 (edição especial), 1981, 1986, 1991, 1996, 1999, 2000, 2001, 2004, 2007, 2008, 2009 e 2011)

Campanha em 2012: 11º lugar

Expectativa: Vaga na Sul-americana

O 11º lugar e a campanha ruim no campeonato do ano passado servem de exemplo para o Flamengo não repetir neste ano. Em 2012, o time passou por várias mudanças durante o Brasileiro, como a saída conturbada de Ronaldinho Gaúcho, os maus resultados durante o período em que Joel Santana comandou o time até sua demissão e o fato de Dorival Júnior não ter conseguido achar uma “equipe ideal” durante o 2º turno, foram fatores que atrapalharam o rendimento do time.

Dorival seguiu até o estadual deste ano, conseguiu fazer até uma boa Taça Guanabara, mas o Flamengo foi eliminado nas semifinais do 1º turno do Carioca e junto com o fator econômico acabou sendo demitido. Jorginho assumiu e o time nem conseguiu chegar à semifinal da Taça Rio, sendo eliminado do Estadual ainda na primeira fase do 2º turno.

Expectativas modestas

Contudo, Jorginho vem conseguindo repetir a escalação nos últimos jogos e o time vem evoluindo. Ibson e Alex Silva não fazem mais parte dos planos e deverão ser negociados até o meio do ano. A expectativa na Gávea é de que o time faça uma boa campanha e brigue por uma vaga na Libertadores, algo que a nova diretoria vê como extremamente necessário neste início de gestão.

Juventude dá o tom

Aos poucos, Jorginho vem deixando o Flamengo com a sua cara. Mesclando a garotada com a experiência de nomes como Felipe, González, Léo Moura e Renato Abreu, o treinador vai conseguindo melhorar o time. A expectativa é de que os jovens, principalmente, Rafinha, Adryan e Rodolfo façam um bom Brasileiro e consigam suprir a ausência de grandes jogadores.

        

Elenco repleto de apostas

O elenco, aparentemente, não terá nenhuma grande estrela. O clube ainda busca um nome de “peso” na Europa para reforçar o time, mas a situação financeira faz com que as opções não sejam tão grandes. A esperança da torcida está nos pés do recém-chegado Marcelo Moreno, que deverá disputar uma vaga com Hernane no ataque. Outro que a torcida espera muito é Carlos Eduardo, que chegou com status de “camisa 10”, mas até agora não conseguiu se readaptar ao futebol brasileiro. Os reforços que chegaram são desconhecidos e vieram para compor elenco. A esperança é que Paulinho, Val, Bruninho e Diego Silva, despontem durante a competição e façam valer a aposta neles. Um reforço para a lateral-direita, um zagueiro, um meia e mais um atacante ainda podem chegar para fechar o elenco e dar mais confiança para a torcida

O que pode acontecer ao longo do ano

Uma vaga na Libertadores é o objetivo da nova diretoria para este ano. Além do Brasileiro, o rubro-negro poderá conseguir voltar à competição através da Copa do Brasil ou da Sul-Americana no segundo semestre. Por enquanto, as expectativas não são tão grandes e o Flamengo entra no Brasileirão como um time para ficar no meio da tabela.

VAVEL Logo