Internacional faz dois gols em 15 minutos e vence o Criciúma em Caxias

Internacional e Criciúma, além de se enfrentarem, encararam frio de menos de 10°C em Caxias do Sul, no primeiro jogo do time colorado como mandante neste Brasileirão. Primeiro jogo em casa, primeira vitória. O Inter passou bem pelo Criciúma, fazendo seu resultado ainda na etapa inicial, e trabalhando a vantagem no restante do tempo. Com grandes participações de Willians e Rodrigo Moledo, coincidentemente os autores dos gols, o time gaúcho termina a rodada na 4ª colocação, com 4 pontos em dois jogos, enquanto o Criciúma fica na 9ª colocação, com 3 pontos.

O campeão catarinense, aliás, mostrou grande desequilíbrio tático, o que tornou o jogo tranquilo para o Inter nos primeiros minutos. O time de Dunga dominou muito bem o meio-campo, mostrando solidez e encontrando espaços na defesa do Tigre com facilidade, principalmente com as chegadas de Fred e Fabrício pelo lado esquerdo, onde o Criciúma contava com o volante Bruno Renan improvisado na lateral-direita. O frio não influenciou no ritmo colorado, e logo aos 13 minutos os donos da casa abriram o placar, com Willians, chutando de fora da área, aproveitando desvio em Marlon.

Não deu nem para o Criciúma sentir o gol, pois, 3 minutos mais tarde, após cruzamento da direita, Rodrigo Moledo subiu entre os zagueiros, como um centroavante, e cabeceou sem chances para Bruno. O Inter seguiu no ataque, e Forlán exigiu uma excelente defesa do goleiro do Tricolor catarinense, chutando de dentro da pequena área. Depois dos 30 minutos, o Colorado baixou o ritmo e permitiu que o time visitante tivesse algumas chegadas antes do final do primeiro tempo. Aos 43 minutos, Lins recebeu pela direita e chutou para grande defesa de Muriel, antes da bola ir no seu travessão.

Para os 45 minutos finais, o Criciúma mudou sua estrutura tática, saindo do 4-3-3 para o 4-4-2, trocando Fabinho, de atuação discreta, por Pacheco, e conseguiu equilibrar bem o jogo na disputa da meia-cancha. Mesmo assim o Inter manteve um ritmo mais tranquilo, mas continou atacando e eventualmente dava trabalho a Bruno. Só em cobranças de escanteio, Forlán quase chegou ao 3º gol em duas oportunidades. Rafael Moura lutou bastante, mas não conseguiu marcar seu gol - teve duas tentativas defendidas pelo goleiro adversário, uma em chute cruzado, outra de bicicleta.

Falando em lutas e tentativas, uma foi elogiável, em especial: Andrés D'Alessandro. Apesar da partida abaixo do seu nível costumeiro, o gringo tentou muitos chutes de longe durante toda a partida, mas ficou apenas com a assistência para o segundo gol. No finalzinho do jogo, o Internacional perdeu uma chance incrível! Após arrancada pela direita, Otávio ficou cara a cara com Bruno, que defendeu com os pés. No rebote, com o gol praticamente aberto, Fred mandou a bola na trave. Foi o último lance importante do jogo. Na próxima rodada, o Inter recebe o Bahia, às 18h30 do domingo (2), enquanto, na mesma data e horário, o Criciúma enfrenta o Fluminense no Rio de Janeiro

VAVEL Logo