Apesar do empate, Felipão aprova resultado e afirma que a Copa das Confederações dará maturidade à equipe
Scolari aprovou o empate em 2 a 2 com a Inglaterra (Foto: Divulgação/ Globo Esporte)

Após buscar o empate com a Seleção da Inglaterra neste domingo (2), na reinauguração do Maracanã, os jogadores lamentaram o resultado mas valorizaram a atuação do time apesar do desentrosamento. Roy Hodgson, técnico da equipe Inglesa, achou o resultado justo. Luis Felipe Scolari gostou do primeiro tempo e cogitou repetir a equipe para o próximo amistoso, contra a França. Mesmo chutando ao gol mais vezes que o adversário - cerca de 30 finalizações - a Seleção saiu vencendo, tomou a virada e buscou o empate no fim da segunda etapa.

Na opinião de jogadores como Fred, Hernanes e Neymar, a equipe foi claramente superior na primeira etapa mas caiu de rendimento no segundo tempo, em decorrência, principalmente, da evolução da equipe Inglesa.

-Demos o nosso máximo, principalmente na primeira etapa. Faltam alguns detalhes para acertar e o nosso ritmo não caiu no segundo tempo, e sim o adversário que equilibrou na segunda etapa- afirmaram.

O técnico da Seleção da Inglaterra, Roy Hodgson está satisfeito com o resultado. Em coletiva, percebeu uma notável evolução em sua equipe, que jogou contra times totalmente diferentes nos últimos dois jogos (Irlanda e Brasil).

-Chegamos a uma maturidade, estou satisfeito com o nosso desempenho. Hoje a nossa tática foi mais defensiva do que no jogo contra a Irlanda, no qual chegamos a ter seis atacantes em campo; hoje, foi o adversário quem nos atacou- analisou.

Para Felipão, a jovem equipe evoluirá com o tempo, principalmente na Copa das Confederações. Reiterou a dificuldade que foi enfrentar um adversário já formado e com jogadores experientes enquanto sua equipe realizou apenas um treino com todos os atletas. Ao avaliar o jogo, afirmou que ficou feliz com o desempenho do time no primeiro tempo e cogitou repetir a escalação para o próximo amistoso.

-Na primeira etapa eu fiquei muito satisfeito. Tinha posicionamento, entrosamento. Se eu tivesse jogo no meio da semana, colocaria o time que atuou no primeiro tempo de hoje. Depois que fizemos o gol, fiz alterações para ter um time mais ofensivo com Lucas, Paulinho, Hernanes juntamente com o Neymar. Depois do gol nós abrimos e levamos o gol deles. Não coloquei o Fernando para não perder, e sim, para dar mais consistência à equipe- disse.

O público que compareceu ao amistoso mostrou-se  ( incomodado com a atuação do atacante Hulk, que foi vaiado e, em seu lugar, todos pediam a entrada de Lucas. Em relação ao Maracanã, torcedores elogiaram a beleza do estádio, principalmente as arquibancadas, coloridas de amarelo e azul, tendo o gramado verde. Porém, para eles, o estádio pecou na limpeza e na administração.

-Está com muita poeira, até porque as obras ainda não terminaram e os lugares marcados não funcionaram hoje. Precisa ter um estacionamento e o transporte público (ônibus e metrô) pecou nesta tarde, ao conduzir torcedores para cá- opinou um torcedor.

O próximo amistoso da Seleção Brasileira será contra a França, no domingo (9) na Arena do Grêmio, em Porto Alegre. A equipe comandada por Felipão estreia Copa das Confederações contra o Japão, no dia 15 de junho.

VAVEL Logo