Corinthians é parado pela retranca da Portuguesa e apenas empata no Pacaembu
Com o empate, Alexandre Pato completou dez jogos sem marcar gol (Foto: Reprodução / Lancenet!)

Mais uma vez o Corinthians não conseguiu vencer em casa. Dessa vez, foi a Portuguesa quem impediu o time de comemorar uma vitória com os seus torcedores, que lotaram o Pacaembu e foram embora decepcionados. Dos últimos dez jogos do Timão, a vitória veio em apenas dois, em sequência que começa a preocupar.

Apesar de iniciar a partida pressionando a Portuguesa, não foram criadas muitas chances de gol. Na verdade, durante todo o primeiro tempo foi a Portuguesa quem ficou mais perto de marcar. Isso pois o tradicional 4-3-3 de Tite, dessa vez, não funcionou. Sem conseguiu grandes chances de gol, o Corinthians apenas mantinha a posse de bola, mas não realizou ações mais incisivas.

Muito disso se explica ao se verificar o congestionamento promovido pela Portuguesa no meio-campo, onde jogaram cinco atletas. O 4-5-1 funcionou muito bem, e a marcação em cima do time da casa foi muito competente.

Cássio ajudou o Corinthians a manter o zero no placar, ao defender um bom chute de Diogo. Logo em seguida, Corrêa tentou marcar após chegar à linha de fundo, mas o chute cruzado foi interceptado pelo goleiro corinthiano.

Para tentar mudar a partida e acabar com a apatia do Alvinegro, Tite ousou ao tirar Paulo André e promover a estreia de Ibson, reposicionando Douglas e Emerson e alterando o esquema do time para o 4-4-2.

As dificuldades diminuíram, mas ainda existiam. Diogo teve boa chance para a Lusa ao ser lançado, mas ele chutou fraco e Cássio defendeu com facilidade.

O cenário do jogo só mudou com a entrada de Romarinho, no lugar de Douglas. O camisa 31 deixou Danilo na cara do gol, mas o meia chutou para fora. Em seguida, arriscou da entrada da área e mandou a bola no travessão, assustando o goleiro Gledson - que ainda desviou levemente a bola.

Na base do desespero, o Corinthians se lançou ao ataque e teve uma última chance, aos 48 minutos: Gil cabeceou uma bola na trave após cobrança de escanteio. Então a defesa tirou o rebote da área e o jogo acabou empatado em 0x0.

Alessandro e Paulo André se lesionaram e terão de ser recuperados para a volta do Campeonato Brasileiro, daqui a 20 dias -  após a Copa das Confederações. O próximo jogo do Timão ocorre em 3 de julho, pela Recopa Sulamericana, contra o São Paulo no Morumbi. Já a Portuguesa volta a campo no próximo dia 12, no Canindé, contra o Fluminense, em jogo remarcado da segunda rodada do Brasileirão.

VAVEL Logo