Mesmo contestado, Luxemburgo tem o apoio do grupo e do presidente Koff
(Foto: Divulgação/ Lucas Uebel)

Após empate com o São Paulo na quarta-feira (12), pelo novo esquema com três atacantes - Elano começou novamente no banco - Vanderlei Luxemburgo foi vaiado, chamado de ‘burro’ e a torcida, mais uma vez, pedia a sua demissão. Apesar do resultado e de não ter deixado o time do Grêmio no G-4 antes da parada no Brasileirão para a Copa das Confederações, somado a eliminação na Libertadores, o presidente Fábio Koff, em entrevista pós-jogo, confirmou a permanência do treinador no comando da equipe.

O presidente do Grêmio disse que por motivos de lesões, convocações e suspensões o técnico não conseguiu repetir a escalação no campeonato, o que atrapalhou o desempenho do time em campo e afirmou ter confiança no trabalho que está sendo feito.

- Luxemburgo terá todo o tempo do mundo. É trabalhador, é a minha convicção. Não é um ou outro resultado que me fará mudar de opinião .O time não tem sido repetido, mas não é culpa do treinador. Não acho justa as críticas da torcida. Agora, haverá tempo para treinar e repetir o time- falou.

Além de apoiar o técnico, Koff afirmou que com a decisão de manter o treinador, colherá os frutos no futuro:

- Luxemburgo nos dará um grande título. Será o prêmio ao seu estilo trabalhador e vencedor.

Mesmo sendo criticado  pela torcida, Vanderlei Luxemburgo tem o apoio também do grupo. Após a partida, jogadores como Werley e Bressan falaram sobre as contestações que time e treinador sofrem:

- Sabemos que estamos devendo para a torcida. O grupo está fechado, é hora de trabalhar para fazermos um grande Brasileirão. Todo mundo gosta do Vanderlei, deixem ele trabalhar.

O técnico afirmou que essa confiança o deixa seguro; que os novos reforços, como Maxi Rodríguez e Riveros, estarão em condições físicas ideais depois das férias e que com isso, o grupo só tende a evoluir:

- Convivo bem com as críticas. Eu me sinto seguro, eu converso com o presidente.  Ele sabe aonde queremos chegar. Estamos indo pelo caminho certo, vejo que meu time está evoluindo. Agora vamos estar com um elenco mais à disposição, temos que melhorar nosso percentual para brigar pelo título.

 O Grêmio terá dez dias de férias. Os jogadores se reapresentarão no dia 21, para uma maratona de treinamentos no Olímpico visando o restante do Brasileirão. O time só volta a campo no dia 7 de julho, contra o Atlético-PR. Com Luxemburgo.

VAVEL Logo