Diretoria do Inter volta atrás e veta Adriano nos exames médicos
Paulo Rabello, médico do Inter: "Ele não está inviabilizado para o futebol, é uma questão do clube" (Foto: Divulgação)

Diferentemente do que a VAVEL Brasil havia publicado na semana passada, Adriano não vestirá mais a camisa do Internacional. O jogador não foi aprovado nos exames médicos e a diretoria colorada desistiu de sua chegada, que estava de fato oficializada.

"Era uma vontade nossa. Fizemos a avaliação no atleta, mas, devido ao longo tempo parado e às duas cirurgias (no tendão de Aquiles), há uma defasagem fisiológica muito grande. Concluímos que levaria um longo tempo em razão do contrato pequeno e passamos à direção", revelou o médico Paulo Rabello, em entrevista concedida à Rádio Bandeirantes.

O acerto realmente existiu e o "Imperador" ficaria no clube por seis meses, podendo ter o contrato estendido por produtividade. Um plano de marketing seria realizado pelo Inter em torno do atacante de 31 anos e o técnico Dunga gostou da ideia de contratá-lo. A camisa 99 estava reservada para Adriano.

Há um ano sem atuar, o jogador deve procurar uma outra equipe para recomeçar a carreira, polêmica por problemas extra-campo e às diversas contusões que atrapalharam sua trajetória.

Outros reforços

O Internacional não tinha só Adriano como "mira" para reforçar o elenco. O meia-atacante Júlio Baptista, hoje no Málaga (ESP), também segue entre os nomes cotados para vestir a camisa do Colorado para o restante da disputa do Campeonato Brasileiro 2013. 

VAVEL Logo