Jogador brasileiro morre com suspeita de malária
Rincón disputou a última Segundona do Gauchão pelo Avenida (Foto: Divulgação/Avenida)

O meiocampista Claudiney Rincón, de 33 anos, morreu nesta segunda-feira (8) no Hospital Regional de Sorocaba, com suspeita de malária. O jogador, que estava internado desde o sábado (6), pode ter contraído a doença em Guiné Equatorial, país onde se naturalizou recentemente e jogava partidas pela seleção nas Eliminatórias Africanas para a Copa do Mundo.

Seu último clube foi o Avenida-RS, time da segunda divisão do Rio Grande do Sul. Rincón havia também jogado no Guarani, São Bernardo, Taubaté, Santo André, São Bento-SP, Paulista, Itabaiana-SE, ASA-AL e Macaé-RJ. O enterro do atleta será nesta terça-feira (9) em Sorocaba, interior de São Paulo.

O goleiro Danilo, do Alecrim-RN, ex-companheiro de Claudiney Rincón na seleção guiné-equatoriana, também está com malária e se encontra internado na Unidade de Tratamento Intensivo do Hospital Giselda Trigueiro, em Natal. A seleção de Guiné Equatorial possui outros brasileiros naturalizados, como Judson e Ricardinho (São Bernardo), Dio (Saad-MS), Jônatas Obina (Ferroviária).

VAVEL Logo