Comandado por Juninho, time misto do Vasco encara Goiás pela Copa do Brasil
Reizinho da Colina é o principal nome do time hoje (foto: Marcelo Sadio)

Cair para a segunda divisão, para um clube grande, é uma mancha e tanto na história. Para o Vasco, foi assim. Alguns anos depois, isso pode se repetir. Faltam poucas rodadas e o time se encontra no Z-4. Tendo em vista isso, o técnico Dorival Júnior escala um time misto (80% reserva, diga-se) para encarar o Goiás nesta quinta-feira (24), às 21h, no Maracanã, em busca de uma vaga nas semifinais da Copa do Brasil. Como perdeu por 2 a 1 no primeiro jogo, o Cruz-Maltino pode vencer por 1 a 0 que se classifica. 

"É uma situação difícil. Temos um jogo dois dias e meio após esse. Eu acredito que estejamos partindo pelo lado correto. O Vasco não pode pensar, de maneira nehuma, em deixar o Campeonato Brasileiro de novo. Mas não vamos abrir mão de nada. Vamos com uma equipe que vai buscar, a todo custo, a classificação", disse Dorival Júnior. 

Algumas mudanças pontuais, e que podem continuar no time, foram feitas no gol e no ataque. Após atuação ridícula (o adjetivo pode ser explicado pelo fato de o goleiro ter falhado feio nos dois gols que sofreu), Diogo Silva dá seu lugar a Alessandro. No ataque, o garoto Thalles, que foi bem diante do Alvinegro, ganha mais uma oportunidade.

O Vasco jogará com Alessandro; Fágner, Renato SIlva, Luan e Yotún; Sandro Silva, Fillipe Soutto, Jhon Cley e Juninho Pernambucano; Talles e Reginaldo. 

VAVEL Logo