Reforço do Cruzeiro, Rodrigo Souza teria assinado um pré-contrato com o Flamengo
Rodrigo Souza assina contrato e é o terceiro reforço do clube cruzeirense. (Foto: Divulgação)

No último dia 20 de dezembro, o Cruzeiro apresentou seu terceiro reforço para a temporada de 2014, o volante Rodrigo Souza que tinha seus direitos ligados ao Sampaio Corrêa-RJ. Porém o empresário Fernando Garcia, que também colocou o ex-vascaíno Marlone no clube mineiro, cedeu-os para a raposa.

Um mês antes de assinar com o clube celeste, Rodrigo Souza teria assinado um pré-contrato com a equipe do Flamengo que era visto como o seu principal destino. O clube carioca que alega ainda possuir em mãos os papéis do acordo assinado pelo próprio jogador, disse que se houvesse um descumprimento, teria que ser feito um pagamento de dois milhões ao clube.

O Flamengo ainda não se pronunciou legalmente sobre o caso, mas os departamentos de futebol e jurídico vão começar a tomar providências para resolver essa situação antes do final desse ano. O rubro-negro pretendia contar com o jogador por empréstimo de um ano, mas acabou perdendo para o Cruzeiro que assinou por quatro anos com o volante.

O nome de Rodrigo Souza foi apresentado ao Flamengo pelo empresário Jorge Moraes que havia direitos contratuais de agenciar o volante. Jorge confirma que o volante assinou contrato com a equipe carioca, mas acabou voltando atrás e fechando com o Cruzeiro por considerar a oferta celeste de maior qualidade.

"Fiz um trabalho com o Rodrigo desde a passagem dele pelo Madureira e também pelo Nova Iguaçu. Acabei valorizando o jogador, e ele não teve responsabilidade. Tinha que ter me procurado para conversar sobre isso, sobre a proposta do Cruzeiro. Poderia perguntar se o Flamengo seria capaz de cobrir a oferta. Quando houve a valorização dele, o Sampaio Corrêa-RJ aumentou o preço para emprestar o jogador, e o Flamengo concordou. Foi falta de respeito dele comigo e com o Flamengo. Avisei a ele que o Flamengo tem os contratos e cabe ao clube buscar seus direitos. Mais uma vez um grupo de investidores atrapalha um clube. Na minha visão, ele teria muito mais condição de fazer sucesso no Flamengo, com todo respeito ao Cruzeiro. Mas ele é maior de idade e tem de responder pelo que faz. Mas fiquei chateado." Disse o Jorge Moraes ao saber da decisão do atleta.

Dono da empresa que adquiriu os direitos econômicos de Rodrigo Souza, Fernando Garcia, explicou que o Flamengo não poderia ter assinado um pré-contrato com o jogador e disse que irá tomar as devidas providências sobre isto. Além disso, ele tem uma boa relação com o presidente do Boa Esporte, ex-clube de Rodrigo, que promete processar o rubro-negro na maior entidade do futebol, a Fifa.

- Se ele tiver um pré-contrato com o Flamengo, o clube agiu erroneamente. Porque eu comprei os direitos dele com o Boa Esporte, que tinha comprado do Sampaio Correa. Ele (Rodrigo Souza) está assinado com a minha empresa desde o dia primeiro de novembro. O agente dele é o Guilherme Miranda, que é advogado. Se o Flamengo fez isso, é considerado assédio. Se pegou o garoto para assinar, vai pagar por isso. Eu quero deixar claro que não tenho nada contra o Flamengo, que é uma grande instituição. Se alguém errou em nome do Flamengo, vai pagar por isso. Se o Flamengo aparecer com esse documento, ele (presidente do Boa Esporte) falou que vai entrar na Fifa como assédio. O Boa é o atual detentor dos direitos federativos dele. Os econômicos são da minha empresa. Como ele foi comprado pela minha empresa, eu estou repassando para ela, mas ele só vai ser registrado no dia 7 de janeiro, quando a Federação reabre." disse Fernando Moraes Garcia.

Procurado pelo Globoesporte.com, Rodrigo Souza disse que está tranquilo em relação e esta história.

"Já está resolvido. Não vai ter problema nenhum, nem vai melar nada. Essa história com o Flamengo não dependia só de mim" - disse o volante.  

Rodrigo Souza chegou ao Cruzeiro para cubrir a vaga de Leandro Guerreiro, que não teve seu contrato renovado. O volante ja teve passagens por Duque de Caxias-RJ (2009); XSKT Can Tho, do Vietnã, (2010); Sampaio Corrêa-RJ (2011); Madureira-RJ (2012); Nova Iguaçu-RJ (2013) e Boa Esporte-MG (2013), mas teve seu destaque conquistado no último clube que passou, Boa Esporte, antes de chegar a assinar contrato com o Cruzeiro.

VAVEL Logo