Em virada histórica, Bahia vence o Conquista e se reabilita na Copa do Nordeste
(Foto: Divulgação/E.C. Bahia)

O torcedor não esquecerá da quarta-feira (29) tão cedo. Em jogo válido pela 4ª rodada da Copa do Nordeste, Bahia vira um jogo incrível em cima do Vitória da Conquista. Apesar de atuação aquém do que a torcida esperava, com gols de Anderson Talisca e Pittoni aos 50 minutos do segundo tempo, contra um gol de Tatu para o Conquista, o Tricolor de Aço segue se habilitando na Copa do Nordeste.

Resultado coloca o Bahia na zona de classificação do grupo B, com 7 pontos, a mesma pontuação que o CSA, líder do grupo e que joga nesta quinta-feira (30) contra o Santa Cruz. Já o Conquista teve praticamente suas chances de classificação acabadas. O Bode soma apenas um ponto em 4 jogos. 

Os dois times voltam a jogar domingo (2). O Tricolor visita o Santa Cruz em Pernambuco para consolidar a classificação para a segunda fase. Já o Conquista vai até o Rei Pelé pegar o CSA com poucas chances de classificação para a próxima fase do Nordestão.

Bahia toma iniciativa, mas leva gol logo depois

Com Rhayner poupado, o técnico Marquinhos Santos mudou o esquema tático e entrou com Branquinho no meio. Apesar da perda de velocidade, foi o Tricolor que tomou a iniciativa. Logo aos sete minutos, Maxi Biancucchi teve ótima oportunidade, porém a zaga do Conquista  tirou a bola em cima da linha. Aos onze minutos, logo após um choque com o zagueiro Lucas Fonseca, o goleiro Neto teve que ser substituído.

Apesar da iniciativa, foi o Conquista que abriu o placar. Aos 18 minutos, depois de cruzamento de Lorran, Tatu completou de cabeça pra por a bola no fundo das redes do goleiro Marcelo Lomba. Depois disso a partida esfriou. Esperando o Bahia no campo de defesa para sair no contra ataque, o Conquista pouco foi afetado pelo Tricolor, que não conseguiu criar jogadas durante o primeiro tempo.

Garotos da Base salvam o Bahia e Pittoni marca seu primeiro gol

O Bahia entrou disposto a mudr a partida no segundo tempo. Logo no terceiro minuto, Heldér conseguiu uma bola na trave do goleiro Pedro, mas foi só isso. O que se viu foi um jogo frio, sem muitas oportunidades para as duas equipes. Até que, Maxi Biancucchi, cansado, pediu substituição e Talisca entrou no seu lugar.

Assim como na partida de sábado, Anderson Talisca entrou para mudar o rumo do jogo. Aos 33 minutos, em cobrança perfeita, Talisca acertou falta no ângulo do goleiro Pedro para empatar a partida. Depois disso o duelo mudou. Com Zé Roberto machucado e Railan expulso depois de receber o segundo cartão amarelo, o Bahia viu Wander colocar uma bola na trave do goleiro Marcelo Lomba.

Porém, como o jogo só acaba depois do apito, depois de linda arrancada de Mádson, o lateral tocou para o paraguaio Pittoni mandar pro fundo das redes do Conquista e marcar seu primeiro gol com a camisa do Bahia, sacramentando a vitória do Tricolor de Aço e a reabilitação no campeonato.

VAVEL Logo