Borges deixa campo sentindo dores musculares e passará por avaliação
Borges deixou o campo logo no início do jogo (Foto: Marcos Michelin)

Com dores na coxa direita, Borges deixou o gramado ainda no primeiro tempo do jogo contra a Caldense, neste sábado, após sentir uma fisgada na coxa direita. O jogador, que sofreu com problemas físicos na última temporada, teve de ser substituído aos 26 minutos do primeiro tempo e deu lugar a Marcelo Moreno.

A lesão de Borges será avaliada neste domingo pelo departamento médico do clube. Marcelo Oliveira comentou sobre a lesão do atacante: “O Borges foi uma pequena fisgada e vamos avaliar a partir de amanhã para ver o que foi”, disse o treinador.

A presença do centroavante contra o Vila Nova, na próxima quarta-feira, é praticamente descartada, segundo o Médico do Cruzeiro Sérgio Freire.

"O Borges sentiu uma dor mais aguda na parte anterior da coxa direita e a gente sempre suspeita de lesão. Já iniciamos tratamento com gelo e na segunda-feira a gente reavalia para ter uma definição. Depende de como ele vai se reapresentar na reavaliação. Pelo relato dele, pode ser que tenha uma pequena lesão", disse o médico do Cruzeiro.

LEIA MAIS: Cruzeiro e Caldense fazem partida movimentada mas sem gols

Caso a avaliação médica de Borges aponte uma lesão mais grave, Marcelo Oliveira ficará com poucas opções para a função de centroavante, já que Vinícius Araújo foi vendido ao Valencia. Marcelo Moreno é a única opção, se quiser manter o esquema ou não improvisar ninguém na posição.

Outras opções para o setor seriam a entrada de Júlio Baptista ou Ricardo Goulart. Os dois, improvisados no setor, atuariam com homem de referência. 

VAVEL Logo