Expulso na estreia pelo Flamengo, Erazo mostra qualidades e é defendido por Jayme
Erazo estreou pelo Flamengo contra o Macaé (Foto: Reprodução/Tiago Ferreira/Macaé)

Depois da vitória de 5 a 2 sobre o Macaé no domingo (2), o treinador Jayme de Almeida concedeu entrevista coletiva, onde defendeu o zagueiro equatoriano Frickson Erazo. O jogador fez seu primeiro jogo com a camisa do Flamengo, demonstrou qualidade, mas acabou sendo expulso, segundo Jayme, de forma injusta.

Erazo foi expulso depois de receber o segundo cartão amarelo aos 28 minutos do segundo tempo. No lance, o zagueiro recebeu passe na fogueira de Muralha e apertado por João Carlos, dominou mal a bola e acabou cometendo a falta no atacante do Macaé, que teria toda a frente para sair na cara de Felipe.

Apesar da expulsão, Erazo demonstrou várias características interessantes. De 41 passes que fez, errou apenas três e deu boa saída de bola da defesa, com bastante agilidade. Pelo alto foi muito bem e ainda fez três desarmes durante o jogo.

Perguntado sobre a atuação de Erazo, Jayme de Almeida respondeu: "Está começando no clube, conhece muito pouco ainda o futebol brasileiro, e dentro do que a gente queria, começar a colocar agora para conhecer o atleta, ele conhecer os jogadores, não pode haver uma cobrança exagerada em cima da primeira partida dele. Com relação à expulsão, ridícula. Se no futebol todo mundo for expulso assim, eu acho ridículo. É uma pena porque a gente queria dar uma sequência maior para poder ver mais o jogador", concluiu.

Na próxima quarta-feira (5), o Flamengo volta a campo pelo Campeonato Carioca para enfrentar o Boavista em Moça Bonita e Jayme de Almeida já garantiu que irá escalar o time reserva. Os titulares só jogarão novamente no sábado (8), no clássico contra o Fluminense.

VAVEL Logo