Botafogo enfrenta Deportivo Quito para ingressar à fase de grupos da Libertadores
(Foto: Reprodução/ Divulgação)

Nesta quarta-feira (5), o Botafogo encara o Deportivo Quito (EQU), às 21h50, no Maracanã, pela Taça Libertadores. O Alvinegro tem o jogo mais importante dos últimos 18 anos. No entanto, a partida é tratada como uma decisão, pelos jogadores e pelo técnico do Glorioso. Eduardo Húngaro disse que o Alvinegro vai com dois atacantes para cima do time equatoriano. 

No treinamento da tarde, o treinador alvinegro definiu quem deve entrar na vaga de Rodrigo Souto, e o escolhido foi o atacante Wallyson. O atleta foi testado nesta terça-feira (4), e ganhou a vaga de Daniel, que, até então, seria o titular. Após o término do treinamento, Húngaro gostou do que viu e explicou o motivo da escolha de Wallyson. 

''Dá alternativa interessante para a ocupação dos lados e o El Tanque ganha uma companhia mais próxima. Nos da poder ofensivo, velocidade e poder de finalização", explicou o comandate da equipe carioca. 

Do lado do Deportivo Quito, o time está bastante confiante. Tanto que até o volante da equipe equatoriana, Santigo Morales, de 34 anos, provocou os alvinegros. ''Esperamos proporcionar um 'Maracanazo' e conseguir a vitória e a classificação no Rio'', disse o volante do time equatoriana, um dos mais experientes do elenco.

Um poucos menos confiante do que Santiago Morales, Juan Carlos Garay, de 45 anos, técnico do Deportivo Quito, também mostrou confiança na classificação do time de Quito. ''Passo para o torcedor que o nosso grupo está bastante tranquilo. É um elenco muito comprometido com o clube e com a classificação do grupo para a Libertadores'', disse Garay. 

O Deportivo Quito chegou na segunda (3), ao meio-dia, na cidade do Rio de Janeiro. De tarde, os equatorianos fizeram um leve treino na Gávea. Nesta terça, a equipe fez o reconhecimento do gramado do Maracanã. 

Na primeira partida, o  clube equatoriano venceu o Botafogo por 1 a 0, no Estádio Olímpico de Atahualpa, em Quito, no Equador. Para conseguir a classificação direta, o Glorioso precisa vencer por dois gols de diferença. Se levar um gol, o Alvinegro precisa fazer três. Se vencer a partida por 1 a 0, a decisão vai para os pênaltis. 

Apita o jogo Silvio Trucco, auxiliado por Hernan Maidana e Juan P. Belatti. 

VAVEL Logo