"Vim de coração e para vencer, então me magoa a derrota", afirma Pereira
Álvaro Pereira em ação em um dos três jogos que participou (Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net)

O placar de 2 a 0 em favor do Palmeiras no último domingo (2), ainda mexe com o psicológico dos atletas do São Paulo. Desta forma, o lateral uruguaio Álvaro Pereira, que disputou seu primeiro clássico pelo Tricolor paulista, lamentou a derrota pelo Campeonato Paulista e não escondeu a frustração pelo resultado negativo.

“Eu tinha muita vontade de defender o São Paulo, há muito tempo eu queria estar aqui. O clube me deu todas as condições para ter uma rápida adaptação. Gostaria de permanecer por muitos anos. Eu fiz essa escolha com o coração e vim para vencer, então fico magoado com o que aconteceu domingo. Apesar do sentimento ruim, temos que seguir de cabeça erguida, pois ainda restam muitos jogos”, afirmou.

Pereira afirmou ainda que não há falta de raça no time, e comentou que sabe o momento vivido pelo São Paulo na temporada passada, e que apesar de não estar no time na ocasião, deseja que a postura atual mude para que os mesmos erros não sejam cometidos para que, futuramente, ocasione uma nova derradeira no Tricolor.

“Sei que a equipe foi muito criticada na última temporada, mas não posso falar nada, pois não estava aqui. O que é preciso agora é reverter esta situação. Devemos ficar preocupados, mas temos que ter coragem para mudar este quadro. Não falta raça ao time, e necessitamos demonstrar isso no próximo jogo”, encerrou o uruguaio.

O São Paulo volta à campo nesta quinta-feira (6), onde enfrentará o Paulista no Morumbi às 19h30 (de Brasília), em partida válida pela sexta rodada do Estadual.

VAVEL Logo