Bahia vence CSA em casa, mas fica de fora da próxima fase
Rafael Miranda, autor do único gol da partida, disputa a bola (Foto: Reprodução / Ibahia)

Time novo, problemas antigos. Apesar de ter triunfado contra o CSA, por 1 a 0 na Arena Fonte Nova, o Bahia acabou não conseguindo se classificar para a próxima fase da Copa do Nordeste. O Esquadrão de Aço fez sua parte, mas tinha que torcer contra o Santa Cruz, que acabou vencendo o Vitória da Conquista por 1-0, no Lomanto Júnior. Com o resultado, o Bahia é eliminado pelo segundo ano seguido da competição.

Sedento pela vitória, o Bahia dominou o jogo. Na maioria do jogo, o Bahia sempre jogou no campo do time adversário. As chances apareceram, mas o aproveitamento era baixo. A primeira chance de gol veio aos 11 minutos, Maxi Biancucchi experimentou um chute de longa distância, mas Pantera fez boa defesa. Dez minutos depois, depois de receber ótimo cruzamento de Guilherme Santos, Anderson Talisca quase abre o placar. Aos 30 minutos, Maxi Biancucchi acertou a trave em um cruzamento de Guilherme Santos. No rebote, Rhayner chuta mas a defesa do CSA tira em cima da linha. O único gol do jogo foi marcado aos 35 minutos do primeiro tempo: em cobrança de falta: Talisca mandou a bola na área, Lucas Fonseca desviou de cabeça, Eduardo deu rebote, e Rafael Miranda completou o tento. O volante atuou no lugar de Fahel, que estava suspenso. No início do segundo tempo, aos três minutos, o CSA perdeu um gol feito: Em boa jogada individual de Josimar, Alisson recebeu na grande área, praticamente sem goleiro, mas conseguiu perder. O CSA chegou, mas o Bahia dominava a partida. Aos sete, Talisca bateu cruzado e por muito pouco Maxi Biancucchi não fez o segundo gol do Bahia. O time da casa pressionava, mas não conseguia passar pela zaga alagoana. 

O Tricolor chegou aos 10 pontos e terminou na 3ª posição do Grupo B, com um ponto a menos que o Santa Cruz. O CSA terminou a primeira fase como líder do grupo, também com os mesmos 11 pontos que o Santa Cruz, mas que por critérios de desempate, sagrou-se como líder. Fora do Nordestão, o Bahia terá que focar no Campeonato Baiano. Na semana que vem, o Bahia inicia a sua empreitada rumo ao 45º título baiano, contra o Galícia. Os outros adversários do grupo serão: Jacuipense, Conquista e Vitória.

VAVEL Logo