No embalo da boa fase do Vasco, Rodrigo vira xerife para a torcida
Rodrigo também se caracteriza por tentar jogadas no ataque e por cobrar faltas com precisão (Foto: Divulgação/Vasco)

Contratado para ser o substituto do zagueiro Cris, que não teve uma boa passagem pelo Vasco, Rodrigo chegou cercado de expectativas e vem sendo ovacionado pelos vascaínos. Rodrigo também se caracteriza por tentar jogadas no ataque e por cobrar faltas com precisão. O camisa 3 comentou que vem tendo liberdade com o técnico Adilson Batista para atuar mais adiantado no Vasco.

“Eu tive uma oportunidade agora nesse jogo (dia 5, contra o Volta Redonda), fiz o movimento certo, mas não conclui em gol. Estou começando aqui agora e tenho evitado cobrar as faltas, é início de temporada e você se poupa um pouco para a parte física ficar melhor, e após dez rodadas você passa a ter desenvoltura com mais facilidade. Na hora que eu tiver oportunidade, voltarei a cobrar minhas faltas, e passarei a encher o saco do Bernardo e do Bastos, que estão batendo. Deixo-os cobrando ali e começo a pegar também", falou Rodrigo.

Apesar de ter outro adversário antes do clássico (neste domingo, dia 9, o Vasco joga contra o Nova Iguaçu), os jogadores do Vasco já pensam no jogo do próximo domingo (16), e o zagueiro Rodrigo projeta uma partida de seis pontos contra o Flamengo, arquirrival do Vasco.

“A gente vai ter o confronto com esse adversário (Flamengo) na semana que vem, acho que temos que fazer esses dois jogos. Quarta-feira (5) teve um jogo muito difícil e conseguimos vencer, agora no final de semana nós vamos ter que vencer de novo para depois termos o confronto direto com o primeiro colocado. Valerão 6 pontos nessa rodada com a gente.", disse o zagueiro.

A torcida tem gritado muito o nome de Rodrigo nas arquibancadas. Ele tem sido chamado de "Xerife da Colina" pelos cruzmaltinos, felizes pelas aboas atuações do zagueiro. Rodrigo falou sobre o apoio da torcida e disse que valoriza o trabalho coletivo no Vasco.

“Eu procuro jogar sério ali, fiquei muito feliz no jogo porque foi a primeira vez que eu ouvi uma torcida gritando da forma que foi no final de semana. Fico feliz, o Adilson passou tudo aquilo que a equipe tem que fazer, temos que nos doar, e não temos um plantel que você coloca como só de estrelas, mas o que vale às vezes é o conjunto e o elenco, quando todo mundo está disposto a correr por um só objetivo, as coisas vão fluir e dar certo. Dificuldades temos, mas às vezes você pode se dar muito bem", comentou o Xerife.

O Campeonato Carioca 2014 já teve seis rodadas disputadas, mas não tem atraído grandes públicos, os estádios mostram gramados em mau estado de conservação, ingressos com preços altos e nível técnico abaixo de outros estaduais. O zagueiro Rodrigo comentou sobre o nível da competição, não desmereceu o Carioca 2014 e disse que quer ser campeão com o Vasco.

"Não posso desmerecer o Estadual do Rio, aquilo que você faz no seu trabalho, independente do campeonato que está disputando, você quer ser campeão. Se aquele vale mais e o outro vale menos, o que eu estou disputando eu quero ser campeão, é isso que estamos pensando", opinou Rodrigo.

Quatro vitórias consecutivas (duas delas por goleada), melhor ataque e melhor defesa do Campeonato Carioca. O Vasco vive fase positiva no início de 2014, mas algo anda incomodando os jogadores. Segundo Rodrigo, o elenco acredita que tem potencial para assumir a liderança e não estará satisfeito com o rendimento enquanto não passar o Flamengo. Isso, aliás, pode acontecer na próxima rodada, basta o time sair com os três pontos e o arquirrival empatar ou perder.

"É como falamos no vestiário: ainda não está bom. Não estamos em primeiro ainda, então tudo o que queríamos não está completo. Temos que exaltar o que fizemos durante os jogos, na parte defensiva e ofensiva. E estamos chegando às vitórias para permanecer ali na frente. Vamos ver se nesse fim de semana conseguimos mais uma para chegarmos ao nosso objetivo.", exaltou o camisa 3.

VAVEL Logo