STJD suspende Náutico x Sport e libera os outros jogos do Pernambucano
Flávio Zveiter liberou a primeira rodada da segunda fase do Campeonato Pernambucano de 2014, mas sem a realização do jogo Náutico x Sport (Foto: STJD / Divulgação)

O impasse da centésima edição do Campeonato Pernambucano ganhou mais um capítulo neste final de semana. Na véspera de um eventual início do Hexagonal Título, cujos integrantes são Santa Cruz, Sport, Náutico, Salgueiro, Central e Porto, a indefinição na tabela de jogos continuava no ar. Somente na noite deste sábado (8), o imbróglio - mais um que vem tomando conta do futebol brasileiro - foi decidido, embora seja parcialmente.

Flávio Zveiter, presidente do Superior Tribunal de Justiça Desportiva, determinou o início da segunda fase do Estadual neste domingo (9), com as partidas Santa Cruz x Central e Salgueiro x Porto, no Arruda e no Cornélio de Barros, respectivamente. Por outro lado, o Clássico dos Clássicos, ora marcado para a Ilha do Retiro, ora para a Arena Pernambuco, continua suspenso.

"Determinei por suspender apenas o jogo entre Náutico e Sport. O pedido do Náutico no TJD-PE foi para que seja restabelecida a tabela original publicada em outubro. Só que o presidente do Tribunal [Hilton Galvão] decidiu por restabelecer a tabela do dia 31 de janeiro. Assim, existe uma confusão de qual é a tabela original", justificou. A decisão ficará nas mãos da Federação Pernambucana de Futebol.

"Por conta disso, e para evitar prejuízo aos outros clubes e aos torcedores que compraram ingressos para os outros jogos determinei que o campeonato comece amanhã. Já a data do jogo entre Náutico e Sport fica a cargo da Federação Pernambucana", declarou Zveiter.

Inicialmente marcado para a segunda rodada do hexagonal, na Ilha do Retiro, o clássico foi transferido para a primeira jornada, no domingo (9), fato o qual irritou os dirigentes do Náutico, tanto pela inversão de mando de campo - na tabela anterior, o Timbu estrearia na Arena Pernambuco, contra o Central - quanto pela maratona de jogos na Copa do Nordeste. Tendo isto em vista, a FPF remarcou o clássico para a segunda-feira (10), na Arena. A diretoria alvirrubra, mesmo assim, não se mostrou satisfeita, pois a nova data implicaria num prejuízo financeiro para o clube na venda de ingressos.

Eis que a bagunça aumenta ainda mais: a diretoria do Sport declarou que desejava que o confronto com o rival se realizasse na Ilha, desde que fosse no domingo - para não ter prejuízo na renda, evidentemente. Surgiram provocações por parte dos dirigentes rubro-negros e até mesmo do presidente da federação estadual, Evandro Carvalho. "O Náutico está com medo de enfrentar o Sport", disseram. Por sua vez, a diretoria do Náutico afirma estar correndo atrás dos seus direitos e lutando a favor da verdade.

Provocações e irritações à parte, a novela e o impasse no futebol de Pernambuco continuam. O centésimo Campeonato Pernambucano, um dos Estaduais mais antigos do Brasil, deveria ser uma edição comemorativa e nostálgica, mas vem sendo consideravelmente manchado por este imbróglio.

VAVEL Logo