Na estreia do Campeonato Baiano, Bahia perde para o Galícia em casa
Torcida não comparece em peso e exige título (Foto: Eric Luis Carvalho/globoesporte.com)

Mais um vexame na conta do Bahia. Na primeira partida após a eliminação na Copa do Nordeste, o Tricolor perdeu de virada para o Galícia na Fonte Nova na estreia do Campeonato Baiano. Apesar de ter aberto o placar com Rhayner no primeiro tempo, o Esquadrão viu o Galícia ser mais cirúrgico e virar com gols de Davidson e Ancelmo.

Com o resultado, Tricolor é 2º colocado no grupo 3, enquanto o Granadeiro é o 3º no grupo 2. O Bahia volta a campo na quarta-feira (12) contra a Jacuípense, já o Galícia joga no sábado (15) contra o Serrano.

Bahia desperdiça oportunidades, mas sai na frente

Depois de 15 anos, o Clássico das Cores voltava a acontecer e em seu palco principal. Na Arena Fonte Nova, o Bahia tentou com Maxi Biancucchi, que estava impedido e Talisca, que tentou de voleio e parou no goleiro Tigre, mas foi nos pés de Rhayner que o placar foi inaugurado. Após bom lançamento de Fahel, o atacante só completou para o fundo do gol.

A partir daí, o que se viu foi um Bahia apático e um Galícia que se lançava ao ataque. Ainda no primeiro tempo, Davidson entrou no lugar de Elenilson, que saiu por contusão e quis mostrar serviço ao técnico recém-contratado, Ricardo Silva e arriscou, mas sem perigo pro goleiro Marcelo Lomba. Nos acréscimos, Danilo Gomes fez boa jogada, mas não concluiu bem ao gol.

Do lado do Tricolor de Aço, uma baixa. Guilherme Santos sentiu a coxa e saiu chorando de campo. Raúl entrou na vaga do lateral.

Galícia reage e Davidson vira herói do jogo

O que se viu no início do segundo tempo foi um futebol pobre apresentado pelas duas equipes. Da arquibancada a torcida protestava e vaiava principalmente contra Raúl, Mádson e Maxi Biancucchi, principal contratação tricolor que ainda não apresentou o futebol do ano passado. Aproveitando o mau momento da equipe, o Galícia resolveu animar a partida. Aos 17 minutos, após driblar o zagueiro Titi, Davidson acertou um belo chute, sem chances para o goleiro Marcelo Lomba e marcou um golaço para empatar a partida.

Com o empate, o Bahia perdeu o rumo do jogo. Sem conseguir criar oportunidades, o Tricolor viu o Galícia virar a partida. Aos 28 minutos, após contra-ataque e apagão da zaga do Bahia, Davidson cruzou para Ancelmo fazer e virar o placar. Das arquibancas, vaias ao time tricolor, que tentou empatar, mas parou no goleiro Tigre. Rafinha e Fahel tentaram, mas o arqueiro manteve o placar favorável ao time granadeiro.

VAVEL Logo