Botafogo mostra confiança para enfrentar o San Lorenzo
Treino de terça-feira foi o último antes da esperada estreia na fase de grupos (Foto: Divulgação/Botafogo)

Membros do plantel do Botafogo conversaram com a imprensa após o treinamento desta terça-feira (11), e revelaram suas primeiras impressões sobre o San Lorenzo (ARG), primeiro adversário na Libertadores. Eduardo Hungaro elogiou os atuais campeões argentinos, mas vê sua equipe melhor preparada para o confronto.

“Nós já estamos no clima da Libertadores, acho que estes dois jogos que fizemos podem nos dar uma vantagem sim. Observei dois jogos inteiros do San Lorenzo. É um time que joga com a agressividade que mostramos contra o Deportivo. Não acho que vão ter dificuldades neste quesito. Vai ser pegado, disputado”, comentou o comandante.

Bolívar foi outro que se pronunciou. O defensor ressaltou a importância da vitória na estreia. “A dedicação e seriedade têm que ser a mesma. Temos dois jogos fora depois, uma vitória na estreia seria importante. Precisamos disso, começar com o pé direito. Depois do jogo contra o Deportivo Quito, o respeito pelo Botafogo aumentou. Todos viram que estamos entrando em boas condições na fase de grupos”, declarou.  

O presidente Maurício Assumpção também comentou o início da caminhada do Botafogo na Libertadores na última segunda-feira (10), em entrevista ao jornalista Renato Maurício Prado. O mandatário Alvinegro comentou a participação do time na Libertadores e, na sua avaliação, o elenco está bem preparado. “Nosso elenco não deve nada em relação aos outros da Libertadores”, garantiu. Se estendendo no assunto, revelou que dificilmente haverá alguma outra contratação.

Maurício Assumpção ainda destacou a importância da torcida e defendeu o atacante Juan Ferreyra, que ainda não caiu nas graças dos torcedor. “Sem o Ferreyra, talvez não tivesse havido a grande atuação do Wallyson”, analisou.

VAVEL Logo