Guarani-MG fica no empate contra a Tombense e reclama de lance polêmico

O Guarani-MG não conseguiu atingir seu principal objetivo em Tombos nesta quarta-feira (12/02), em jogo antecipado pela sétima rodada do Campeonato Mineiro contra a Tombense. Mesmo longe de seus domínios, o Bugre buscou a vitória, que poderia ter sido conquistada se uma penalidade a favor dos divinopolitanos fosse assinalada. O empate colocou a Tombense na quarta colocação de forma provisória, com cinco pontos. Já o Guarani ocupa a sexta colocação, com os mesmos cinco pontos ganhos.

Atraso, erros e acertos

O jogo começou com 13 minutos de atraso, devido a problemas na iluminação do estádio Repetindo erros de jogos anteriores, o Guarani-MG saiu atrás no placar por um vacilo dos jogadores bugrinos. Após uma saída de bola errada, o atacante Tiago Azulão marcou para a equipe de Tombos. Mas a equipe de Divinópolis não se abateu e continuou lutando pelo empate. Entretanto, o primeiro tempo terminou com os donos da casa com a vantagem no placar.

Segundo tempo: Alterações, lance polêmico e empate do Guarani

Disposto a garantir pelo menos um ponto, Leston Junior promoveu a entrada de Fernando no lugar de Michel Cury. E logo no início da segunda etapa, a mudança deu resultado. Aos oito minutos, o atacante Tardelli, sempre contestado pelo torcedor bugrino colocou o time de Divinópolis em igualdade com a Tombense. Aos 28, um lance polêmico poderia mudar o rumo da partida e garantir os três pontos para o Guarani-MG. Tardelli foi derrubado na área, mas o árbitro deixou o jogo seguir e deu cartão amarelo para o camisa nove por simulação. A não marcação do pênalti revoltou o técnico Leston Júnior em entrevista coletiva: “O assistente tem esta função e liberdade para marcar (o pênalti), o que não fez”, respondeu.

Planejamento e superação

Com o empate fora de casa, o Guarani-MG terá de reajustar o seu planejamento traçado para o Campeonato Mineiro 2014. Segundo o técnico Leston Júnior, o objetivo inicial era fazer oito pontos até a sexta rodada.”Se vencermos o próximo jogo, afastamos o primeiro objetivo, de rebaixamento. Mais à frente, mesmo contra os grandes, vamos precisar de superação”, enfatizou.

O Guarani-MG volta a jogar no domingo, às 16h, contra a URT no Estádio Waldemar Teixeira de Faria (Farião). Na próxima partida, treinador poderá contar com o atacante Tito, que cumpriu suspensão pelo terceiro cartão amarelo nesta rodada contra a Tombense.  

VAVEL Logo