Guarani-MG fecha balanço da venda de passaportes
Despesas de jogos realizados no interior chegam a R$ 15 mil. (Foto: Tatiana Santos/VAVEL Brasil)

O Conselho Deliberativo do Guarani-MG apresentou na última segunda-feira (10) o balanço final de passaportes comercializados para as partidas do Bugre em casa. Segundo a direção do clube, 466 passaportes foram vendidos. O valor arrecadado será utilizado para o pagamento de despesas das partidas disputadas no Estádio Waldemar Teixeira de Faria (Farião).

De acordo com o diretor administrativo do Guarani-MG, Vinícius Morais, as despesas de cada partida chegam a R$ 15 mil, incluindo taxas da Federação Mineira de Futebol (FMF) e custos para contratação de bilheteiros, gandulas, porteiros, maqueiros, entre outros. Por se tratar de jogos no interior, a maioria das rendas não cobre o custo da partida, por isso, o dinheiro arrecadado com os passaportes será utilizado para tentar cobrir essa diferença, já que nos dois primeiros jogos da equipe em casa (contra Caldense e Minas Boca), houve penhora da bilheteria.

“Esta é a forma que encontramos de evitar o aumento da dívida do clube com a Federação, que hoje está próxima dos R$ 60 mil, referentes a débitos de temporadas anteriores”, comentou Morais.

VAVEL Logo