Bola parada funciona e ajuda Figueira a bater o Joinville

Jogando dentro de casa o Figueirense venceu o clássico contra o Joinville por 3 a 0 e assumiu a liderança provisória do Catarinense 2014. Em noite inspirada de Marcos Assunção, os zagueiros alvinegros apareceram no ataque para resolver a partida em favor do Furacão. Na próxima rodada, o Figueirense faz o clássico de Florianópolis contra o Avaí, domingo, no Orlando Scarpelli. Já o Joinville, recebe o Atlético-IB em sua Arena, no sábado.

Logo no início da partida, Marcos Assunção e os zagueiros já demonstravam o que seria a tônica do primeiro tempo. Aos 2 minutos, o camisa 20 colocou na área, mas a cabeçada de Nirley parou no goleiro Ivan. Sete minutos depois, em mais uma cobrança de falta de Marcos Assunção, a bola foi levantada na área, Nirley desviou e Thiago Heleno abriu o placar em Florianópolis.

O Joinville só deu seu primeiro chute em direção ao gol aos 30, quando Marcelo Costa bateu de longa distância, mas parou no goleiro Tiago Volpi, mas as chances mais perigosas continuavam sendo as bolas paradas: Assunção, aos 36, mandou perto do gol tricolor e Wellington Saci, aos 38, mandou na trave alvinegra. E foi assim que saiu o segundo gol da partida: aos 44, Marcos Assunção bateu escanteio e Nirley desviou, fazendo o segundo de cabeça do jogo.

Após o intervalo, o técnico Hemerson Maria alterou seu ataque, tirando Alex e colocando Francis, para colocar mais velocidade. Mas, logo no primeiro minuto, Dudu teve chance de matar o jogo, após grande jogada pela esquerda, mas parou no goleiro tricolor. Apesar de o JEC ficar mais com a posse de bola, as principais chances vinham sendo do Figueira. Até que os 21, Fernando Viana fez grande jogada e rolou para Tartá, que parou no goleiro Tiago Volpi. Mas não deu pro JEC: mais uma vez o inspirado Marcos Assunção cobrou falta para dentro da área e Thiago Heleno marcou seu segundo no jogo, aos 28, e decretou mais uma vitória alvinegra.

VAVEL Logo