De virada e nos acréscimos, XV derrota Oeste e isola Corinthians na lanterna do grupo B

Em partida isolada nesta sexta-feira (14) pela 8ª rodada do Campeonato Paulista, o XV de Piracicaba recebeu o Oeste no Estádio Barão de Serra Negra e venceu por 3 a 2, em um jogo cheio de emoções. O gol da vitória piracicabana veio somente aos 49 minutos do segundo tempo, com Gilsinho. Pelo Rubrão, Mauro Viana foi expulso e contribuiu para a quinta derrota do time de Itápolis no Estadual.

Com o resultado, o Nhô Quim soma agora 10 pontos no grupo B e assumiu a terceira posição, deixando o Corinthians isolado na lanterna da chave, com sete. Já o Oeste tem apenas cinco pontos, em último do grupo D, e na zona de rebaixamento da classificação geral.

Na próxima rodada, o XV visitará o Mogi Mirim terça-feira (18), fora de casa, às 19h30, enquanto o Rubro-negro recebe o Timão quarta-feira (19), às 22h, em São José do Rio Preto. O Estádio dos Amaros segue interditado pela Federação Paulista de Futebol (FPF).

XV abre o placar, mas Oeste busca empate no primeiro tempo

Com a finalidade de se afastarem das piores campanhas gerais, XV de Piracicaba e Oeste fizeram um primeiro tempo brigado. Mas quem se deu melhor foi o Nhô Quim, que fez 1 a 0 com o lateral Rodrigo aos 13 minutos, em cabeçada sem chance para o goleiro Fernando Leal. Um pouco antes, os mandantes reclamaram de um toque de braço dentro da área e pediram pênalti, mas o jogo seguiu.

O XV seguiu pressionando e parecia com o controle da partida. O camisa 10 Breitner teve ótima oportunidade de ampliar o placar aos 27, e isso custou caro para os piracicabanos. Foi aí que o Rubrão cresceu e não titubeou. No minuto seguinte, o atacante Jheimy subiu mais alto que a defesa adversária e cabeceou ao chão, colocando no fundo da rede de Thiago Passos, 1 a 1.

Rubrão vira, tem um expulso e XV cresce, revertendo o placar nos acréscimos

Edison Só resolveu queimar de cara duas alterações no intervalo e mandou Pipico e Danilinho para o campo, substituindo Breitner e Macena, respectivamente. As mudanças deixaram a equipe mais ofensiva e presente ao campo adversário. Gilsinho e Cafu finalizaram e por pouco recolocaram o XV na frente do placar.

E Pipico, que tinha a função de melhorar o poder de ataque, ficou no gramado apenas 22 minutos. O meia foi foi expulso ao receber o segundo cartão amarelo. Na falta, Mauro Viana se antecipou ao goleiro e cabeceou para o gol: 2 a 1 Oeste. Porém o homem do gol rubro-negro também foi excluído da partida e deixou o time com dez homens em campo.

Com mais espaço em campo, o Nhô Quim chegou ao empate aos 40 minutos com Cafu, que aproveitou cobrança de escanteio e a falha de Fernando Leal para igualar: 2 a 2. Com a necessidade de vencer em casa, o XV de Piracicaba foi para a pressão e aos 49 do segundo tempo, Cafu recebeu pela direita, passou pelo marcador e tocou no meio da área, Adilson deu um corta-luz e Gisinho, livre de marcação, chutou com tranquilidade para o fundo das redes, dando os três pontos aos piracicabanos: 3 a 2 e apito final no Barão de Serra Negra.

VAVEL Logo