Tinga tem apoio da torcida em treino desta sexta-feira
Cruzeirenses se solidarizam com Tinga após o episódio no Peru (Foto: Reprodução/Superesportes)
Nesta sexta-feira (15) o Cruzeiro fez seu primeiro treinamento após a viagem ao Peru, onde o time celeste perdeu por 2 a 1 para o Real Garcilaso na última quarta-feira (12), pela estreia da Libertadores. O volante Tinga treinou normalmente com os outros reservas na Toca II. Enquanto treinavam, alguns torcedores subiram no muro do outro lado da rua e começaram a gritar: ‘’Olê, olê olê, Tinga, Tinga.’’
 
O meia celeste sofreu insultos racistas na partida em Huancayo, quando a Raposa perdia o jogo. Toda vez que o camisa 7 pegava na bola, os torcedores peruanos faziam sons de macacos. A Conmebol abriu nesta sexta uma investigação contra o time peruano para analisar as atitudes racistas da torcida ocorridas nesta partida.
 
Enquanto a situação não é resolvida, a equipe treina visando o clássico deste domingo 16), pelo Campeonato Mineiro, contra o Atlético-MG, às 16h, no Estádio Independência. 
VAVEL Logo