Apesar do empate sem gols, Muricy vê melhora na equipe do São Paulo
Muricy acompanhando a partida deste sábado no Morumbi (Foto: Rubens Chiri/São Paulo FC)

O torcedor são-paulino que compareceu ao Morumbi neste sábado (15), para o duelo de São Paulo e Portuguesa pela 8ª rodada do Campeonato Paulista, não saiu do estádio muito satisfeita com o desempenho da equipe Tricolor após o empate de 0 a 0.

Já o técnico o Muricy Ramalho, que vinha cobrando mais chutes a gol nas partidas anteriores, demonstrou otimismo e enxerga uma melhora no time. “Foi um jogo igual, muito aberto. Depois de uma semana livre de treinos, tem mesmo uma correria, uma loucura, que é o futebol de hoje. Eles poderiam ter vencido, mas nós também. Não sei se foi uma grande partida, mas, pelo menos, chutamos e incomodamos o adversário. Foi um jogo bom e de velocidade, apesar do zero a zero", analisou o técnico em entrevista coletiva.

Um dos destaques da equipe foi o atacante colombiano Dorlán Pabon, que arriscou mais finalizações na partida e arrancou elogios do técnico são-paulino. “Ele tem personalidade, arrisca toda hora. Se ele erra, na próxima não se intimida. Ele erra bastante porque arrisca. O Pabón não se esconde, bate duro na bola e ainda está se adaptando. É um jogador interessante e vai nos ajudar muito”, afirmou Muricy.

Ao sair do campo, o goleiro Rogério Ceni também elogiou a atuação da equipe. “Acho que taticamente este foi o melhor jogo que fizemos. Como mobilidade do time, acho que foi uma melhora muito grande”, afirmou.

Com o resultado, o Tricolor segue líder do grupo A com 13 pontos, e seu próximo confronto no Paulistão acontece quinta-feira (20), contra o São Bernardo, no Estádio Primeiro de Maio, no ABC Paulista.
 

VAVEL Logo