Escalação irregular pode tirar 8 pontos do Passo Fundo no Gauchão
O meia chegou por empréstimo ao clube serrano, junto ao Juventude (Foto: Porthus Junior / Agencia RBS)

Na última segunda-feira, (17), o Passo Fundo recebeu uma noticia desagradável. O tricolor pode perder pontos por ter escalado o meia Paulo Josué, que chegou ao clube entre a quinta e sexta rodada, estreando contra o Aimoré na sexta rodada do campeonato e, além de ele aparecer no bid como jogador do Juventude, atuou 3 partidas pelo Juventude neste Gauchão, então não poderia defender outra equipe. O regulamento diz que clubes da mesma competição, ou seja, no Campeonato Gaúcho, só podiam negociar os atletas até a 4° rodada do torneio.

"Nós mandamos o contrato, e o Juventude enviou a carta de empréstimo um dia depois. O último contrato foi enviado em 3 de fevereiro (um dia antes do registro no BID). Passou batido, nessa troca de contratos nós perdemos um dia ", disse o persidente do Passo Fundo, Selvino Ferrão.

Os maiores beneficiados com isso serão Pelotas, São Luiz e Esportivo. Caso o Passo Fundo perca os pontos, o Esportivo ganha uma posição, com isso sai da zona de rebaixamento, e o Pelotas e São Luiz continuam na zona, porém ganham uma posição, já o Passo Fundo irá ficar com um ponto, na lanterna da competição. Francisco Noveletto, presidente da FGF sugeriu ao Passo Fundo que não utilize o atleta mais, porque irá correr o risco de perder mais pontos, e com isso ficará negativado na competição.

O Passo Fundo joga contra o Pelotas, nesta quarta-feira, (19), às 19 horas, no Vermelhão da Serra.

VAVEL Logo