Com melhor ataque e defesa menos vazada, Diguinho comenta: 'Nossa formação dá muita liberdade'
Diguinho é um dos destaques do meio-campo tricolor, no momento (Foto: Divulgação/Fluminense F.C.)

Geralmente, quando algum treinador escala seu time com um trio volantes, ele sofre duras críticas. 'Retranqueiro', 'covarde', entre outras expressões do futebol. No caso do Fluminense, não. Assim que chegou ao Flu, neste ano, Renato Gaúcho fez mudanças na formação. Para dar mais liberdade a Conca, que voltou ao clube também nesse ano, e aos seus laterais, o técnico passou a escalar a equipe tricolor com 3 volantes. Valência, Diguinho e Jean formam o trio e, quando algum deles não joga, o garoto Willian é aproveitado.

Nas duas primeiras rodadas, Renato havia mantido o antigo esquema do Flu, que era o 4-4-2, com dois volantes e dois meias. Agora, o trio de volantes, além de dar segurança à zaga, também apoia bem no ataque. Eos olhos de Diguinho, a formação está dando certo. O camisa 8 acredita que o Fluminense passou a ser mais ofensivo. Os números comprovam o que o volante diz. Nas seis rodadas que o Tricolor jogou com esta formação, sofreu apenas 3 gols e marcou 15.

"A nossa formação dá muita liberdade aos laterais. O Jean é um cara que chega ao ataque, tenho liberdade também. Renato frisa que ficam dois zagueiros e um volante. Libera um lateral de cada vez. Depende do treinador. Tem uns que preferem três atacantes. Ele prefere esta (formação). O time está bem postado, não estamos sofrendo muitos gols. Tudo isso é trabalho, fruto das ideias dele. Está dando resultado", comentou Diguinho.

Até então, se passaram seis rodadas jogando neste 4-3-1-2 e, mostrando que realmente está dando certo, o time de Renato Gaúcho venceu todas elas. O que também chama atenção é a sequência de vitórias. O Tricolor carioca não vence tanto em sequência desde 2012, ano em que foi campeão brasileiro.

"O momento é importante, fazia tempo que a gente não tinha boa sequência de vitórias. Acho que a última foi em 2012. Agora são seis jogos, o começo de trabalho de novo treinador. Estamos com confiança, isso é muito bom. É bom estar no topo da tabela, dá moral a quem tinha pouca confiança. É fundamental estar sempre vencendo, mas temos de ter cautela. Não ganhamos nada ainda. Temos de manter o nível para buscar títulos", lembrou o volante.

O Fluminense enfrenta o Macaé, nesta quarta (19), no Moacyrzão, às 19:30h e é o líder do Campeonato Carioca com 19 pontos.

VAVEL Logo