Metropolitano goleia o Juventus-SC e volta ao G4 do Catarinense

O Metropolitano reencontrou o caminho das vitórias nesta quarta-feira (19), ao golear o Juventus (SC) em casa, pelo placar de 4 x 0. Negreiros, recentemente criticado por supostamente estar fora de forma, foi o destaque da partida, com dois gols anotados. Com o resultado, o Juventus já se despede de qualquer chance de brigar pela classificação ao quadrangular final, e o Metrô torna-se o novo vice-líder do Campeonato Catarinense. 

Na oitava rodada, a equipe blumenauense viaja até Ibirama, aonde enfrenta o Atlético Hermann Aichinger, no domingo (23). O Juventus também joga no próximo domingo, em casa, contra a equipe do Criciúma, esperando conter os rivais e atrapalhar a busca pela classificação.

Em primeira etapa morna, pênalti define o placar parcial

A defesa do Juventus estava bem organizada e esperou no seu campo de defesa, saindo apenas nos contra-ataques, principalmente nas subidas do atacante Jabá. Entretanto, as investidas não surtiram efeito e o goleiro João Paulo pouco trabalhou no primeiro tempo.

Os donos da casa fizeram valer o mando de campo e desde o primeiro momento pressionaram os adversários e tentaram chegar ao gol. Porém, apesar da maior posse de bola, foram incapazes de concluir com efetividade e não formulou oportunidades claras de gol. A principal arma foi os cruzamentos para os atacantes Reinaldo e Maurinho, mas sem causar grandes sustos ao goleiro Luiz Antônio.  

Apesar do domínio, o gol veio apenas após cobrança de pênalti aos 44 minutos de jogo. Juliano Mineiro foi derrubado dentro da área pelo goleiro Luis Antônio, e Reinaldo cobrou a penalidade. O goleiro conseguiu fazer a defesa, mas no rebote, Cícero empurrou para o fundo das redes.

Segundo tempo movimentado confirma a superioridade do Metropolitano

A equipe do Juventus tentou esboçar uma reação nos primeiros minutos de jogo e abandonou a postura defensiva para pressionar o Metropolitano por meio da velocidade do meia Bahia e do atacante Jabá. Logo aos 9 minutos, Jabá cobrou falta perto da área, mas não acertou o alvo. Milton do Ó chegou a substituir o volante Roger pelo atacante Lito, mas foi incapaz de reverter o resultado.

Aos poucos, o Metropolitano voltou a tomar as rédeas e tornou a cruzar bola para seus atacantes finalizarem. A estratégia deu certo apenas aos 16 minutos do segundo tempo, quando Negreiros recebeu cruzamento de Alessandro e, de cabeça, aumentou o marcador. Na jogada seguinte, Maurinho cara a cara com o Luis Antônio acabou perdendo a melhor oportunidade da partida. Durante a segunda etapa, Maurinho ainda perdeu duas outras grandes chances.

O Juventus ainda parecia ter forças e, aos 22 minutos, Jabá obrigou João Paulo a fazer boa defesa e quase abriu o marcador para sua equipe. Entretanto, os esforços do atacante de 1,60m não foram o suficiente para dar a vitória a sua equipe. O Metrô continuou pressionando e marcou o terceiro gol de pênalti, convertido pelo capitão Alessandro. Negreiros deu números finais ao jogo com outro gol de cabeça, aos 40 minutos da segunda etapa.

VAVEL Logo