Decisivo, Kardec garante vitória do Palmeiras diante do Ituano

Enquanto sonha em ser convocado pelo técnico da Seleção Brasileira, Alan Kardec vem fazendo a alegria do torcedor palmeirense. Nesta quarta-feira ele foi decisivo e garantiu a vitória do Palmeiras diante do Ituano, por 1 a 0

Depois de fazer o gol, o atacante acabou expulso numa confusão com Jackson Caucaia – que também recebeu cartão vermelho.

Com mais três pontos, o Verdão continua na liderança do Grupo D, com 23 pontos, já o Ituano continua com 15 pontos, na vice-liderança do Grupo B.

Os dois times voltam a campo no final de semana, no domingo, o Palmeiras vai até Ribeirão Preto enfrentar o Botafogo, enquanto o Ituano vai até Mogi enfrentar o time da casa, no sábado, também às 18h30.

1º tempo sem grandes chances

O Palmeiras começou o jogo com 4 mudanças em relação ao time que empatou com o Corinthians. Mendieta, Diogo, França e o estreante Josimar não conseguiram ajudar o time do técnico Gilson Kleina a fazer um bom primeiro tempo.

As principais chances do Palmeiras foram com Lúcio que quase fez o gol, mas acabou sendo apanhado em impedimento. Já o Ituano, apostava em Rafael Silva.

A melhor chance foi do Ituano, depois de uma falha do zagueiro Lúcio, que não alcançou a bola e viu Cristian aparece sozinho na frente de Fernando Prass, que fez boa defesa.

Bruno César estreia e Kardec garante a vitória

Depois do intervalo, o Palmeiras voltou com Marquinhos Gabriel no lugar de Mazinho, o Verdão melhorou e criou boas chances, uma delas com Juninho que parou no goleiro Vagner.

O goleiro do Ituano salvou o time visitante pelo menos em quatro boas chances, duas dela com Lúcio e outras duas com o lateral esquerdo Juninho.

Com um bom sistema de marcação, o Ituano parava o Palmeiras com falta, e com isso, acabou perdendo o lateral esquerdo Dener, depois de receber o segundo cartão amarelo.

Bruno César ficou em campo pouco mais de 20 minutos, mas mostrou que pode ser titular do time de Gilson Kleina.

Quando a partida caminhava para um 0 a 0, o Ituano teve a chance de abrir o placar mais Jean Carlos tentou uma cavadinha e parou em Fernando Prass. E aos 42 minutos, Juninho cruzou e Alan Kardec bateu forte, fazendo o gol da vitória do Verdão. Depois do gol, o atacante ainda foi expulso antes do apito final, que garantiu mais três pontos para o time do técnico Gilson Kleina. 

VAVEL Logo