Após deixar PH Ganso no banco, Muricy afirma: “Ele é titular”
Muricy orientando a equipe contra o CSA (Foto: Divulgação / Rubens Chiri / saopaulofc.net)

Na vitória do São Paulo sobre o CSA, nesta quarta-feira (12), pela Copa do Brasil, em Maceió, o técnico Muricy Ramalho optou por deixar Paulo Henrique Ganso no banco de reservas para a entrada do estreante Alexandre Pato.

Ganso entrou somente na segunda etapa no lugar de Luis Fabiano, mas Muricy afirmou que o meia é titular da equipe. “O Ganso é titular, mas não dava para tirar os caras do lado (Osvaldo e Pabón). Se eu tirasse, teríamos problemas. O único lugar que o Pato poderia jogar seria nessa função, na frente da linha de quatro jogadores e se aproximando do Luis Fabiano. E fez isso muito bem”, disse o treinador.

O comandante são-paulino ainda fez questão de acrescentar que o camisa 10 não foi mal na partida anterior. “Não tirei o Ganso porque jogou mal”, acrescentou Muricy. 

Muricy Ramalho ainda afirmou que Pato e Ganso podem sim jogar juntos, e também explicou que o camisa 11 é um segundo atacante, deixando no ar que deverá utilizar Pato junto com Luis Fabiano futuramente, mas ressaltou que precisa de tempo para isso.

“O Pato é um segundo atacante, não pode jogar enfiado. Isso é bom para jogar com o centroavante. Um dia, todos podem jogar juntos, mas aí teríamos de mudar um pouco o esquema. É coisa de treinamento, mas não temos tempo para isso”, concluiu Muricy.

Alexandre Pato não pode atuar pelo Tricolor no Campeonato Paulista, pois estourou o limite de jogos quando ainda defendia o Corinthians. São Paulo e CSA fazem o jogo de volta da primeira fase da Copa do Brasil no dia 9 de abril, no Morumbi.

VAVEL Logo