Para dar sequência à temporada, Renato Gaúcho pede reforços
Desde que voltou ao comando do Flu, Renato teve apenas três reforços (Foto:Divulgação/Fluminense F.C.)
Neste domingo (30), o Fluminense sofreu uma derrota por 1 a 0 para o Vasco, num clássico que decidia vaga para a final do Campeonato Carioca. Após a eliminação, o técnico Renato Gaúcho chamou atenção para um assunto: o elenco precisa de reforços. Depois de uma péssima temporada em 2013, ano em que foi favorito a títulos e terminou na parte debaixo da tabela do Brasileirão, a diretoria tricolor agiu pouco no mercado. Chegaram Chiquinho, Conca e Walter, apenas. Contudo, a torcida se mostrou insatisfeita, protestou em treinos e pichou muros do clube.
 
A cada dia que passa, Renato é questionado pelo mesmo assunto. "A gente tem conversado bastante com a diretoria, com o doutor Celso (Barros, presidente da patrocinadora do clube). Temos trocado ideias, não estamos cegos. Estamos nos mexendo", disse.
 
O time tricolor mostra carências. A zaga é sempre questionada, assim como as laterais, que hoje tem Bruno, Wellington Silva, Carlinhos e Ronan, algumas vezes vaiados. O meio-campo tem apenas Darío Conca para a criação de jogadas, já que Jean pouco aparece, e Wagner ocupa o banco de reservas. No ataque, o Flu precisa de um reforço para jogar pelos lados do campo, como o mesmo Renato Gaúcho havia alertado ainda no início do ano, quando assumiu o comando.
 
"A gente precisa oxigenar o nosso grupo. A diretoria está atenta, os nomes estão lá, eles estão se mexendo. Agora é com eles. Os nomes estão na mesa. A gente espera que possam trazer. Temos um jogo pela Copa do Brasil (contra o Horizonte, no próximo dia 10) e depois o Brasileiro (contra o Figueirense, dia 19). É importante reforçar o grupo para começar a competição, principalmente o Brasileiro", alertou o treinador.
 
Nos últimos dias, pelos arredores do clube, cresceram boatos sobre reforços. O Fluminense chegou a negociar com três nomes, porém, nada acertado. E a diretoria precisa agir rápido, pois só pode negociar com jogadores do exterior até o fim desta segunda (31), caso contrário, terá como opção apenas jogadores que atuam no Brasil, o que torna uma reformulação no elenco mais difícil.
VAVEL Logo