Aidar entende Muricy e minimiza bronca em Boschilia: ''Estava nervoso''
Aidar minimizou a bronca de Muricy em Boschilia (Foto: Rubens Chiri/ São Paulo FC)

O presidente do São Paulo, Carlos Miguel Aidar, disse em entrevista que não passou de um ato de nervosismo a bronca de Muricy Ramalho no jovem Boschilia, logo após o final da partida diante do Corinthians, no último domingo (11). O treinador "brigou" com o garoto por conta de uma jogada nos minutos finais.

''O São Paulo levou o gol por uma falha no lado esquerdo. Osvaldo teria que fazer aquela cobertura, e, depois de colocar Boschilia, ele deve ter dado a mesma recomendação. Ficou nervoso, é o calor da partida'', disse Aidar. 

Segundos depois do fim do clássico de domingo, Muricy Ramalho invadiu o campo para dar uma bronca em Gabriel Boschilia. A fúria do comandante Tricolor era tanta, que o meia não conseguiu sequer responde-lo. Logo depois, Ganso chegou para acalmar os ânimos. 

Na entrevista coletiva pós-jogo, Muricy disse que ''ele não está em Cotia'', exigindo mais atenção do jovem jogador durante a partida, o que gerou uma maior repercussão por parte da imprensa, mas minimizada pelo presidente Carlos Miguel Aidar, que ainda aproveitou para elogiar o próprio Centro de Formação de Atletas de Cotia.

''Vejo como um desabafo, não há nada contra. Cotia é a base do São Paulo, temos muitos jogadores de lá, é o futuro do clube. Esta contratação do Kardec é exceção, nossa ideia é valorizar a base sempre, não há nada que desmereça ou invalide o trabalho da base. Ela será prestigiada como fonte de atletas ao São Paulo'' finalizou o presidente. 

VAVEL Logo