América-MG vence Joinville e se isola na liderança da Série B
Foto: Carlos Cruz/América-MG

Fora de campo, a diretoria americana chamou e a torcida atendeu o chamado. Dentro das quatro linhas, o time do América-MG respondeu com um bela atuação. Valendo pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, o Coelho venceu o Joinville, em disputa direta pela liderança da segunda divisão, por 3 a 1, com gols marcados por Obina, Mancini e Vitor Hugo, para os mineiros, e Jael, em favor dos catarinenses.

O resultado deixou o América-MG isolado na liderança do Campeonato Brasileiro da Série B com 14 pontos, deixando o Joinville em segundo lugar com 11. Na próxima rodada, O Coelho viaja até Recife e encara o Santa Cruz, sexta-feira (23), às 19h30, no Estádio dos Aflitos. Os catarinenses recebem em casa o Vasco da Gama, sábado (24), às 16h20.

Mineirão colorido de verde

A torcida do América-MG fez bonito e atendeu ao pedido da diretoria americana. Com ingressos no valor de 10 reais, se colocarmos como margem os preços abusivos que são cobrados atualmente é um preço bastante acessível, mais de 19 mil torcedores compareceram ao Mineirão. Sem falar naqueles que ficaram do lado de fora, pois os bilhetes haviam se esgotado. 

Dentro de campo, o técnico Moacir Junior apresentou uma novidade: o atacante Henrique apareceu entre os titulares, e o volante Thiago Santos, que estava cotado para começar jogando, ficou no banco de reservas. Com a bola rolando, o América mostrou sua superioridade desde o começo da partida, e este domínio logo teria efeito. Aos 15 minutos, Obina recebeu cruzamento de Mancini e escorou de cabeça para as redes do Joinville.

No decorrer da partida, o América passou a controlar a partida, administrando o jogo com a posse de bola no campo de ataque, e explorando lançamentos no setor ofensivo que, quase sempre, deram errado. O Joinville não conseguia imprimir seu jogo e ficou submisso ao controle dos donos da casa.

Domínio americano

O segundo tempo começou como terminando o primeiro. O América-MG privilegiava a posse de bola e o Joinville ficava apenas à espreita de um erro americano. E ele acabou acontecendo após um passe errado de Mancini. Na arrancada de Edigar Junio, o atacante cruzou e Jael apenas escorou para as redes.

O gol sofrido acordou o América-MG e o time comandado por Moacir Junior não demorou muito para voltar a dominar o jogo. Mancini, o mesmo que errou o passe que resultou no gol do Joinville, comandava o meio-campo americano. Os catarinenses aparentavam gostar do resultado, ainda que mostrassem força em campo para brigar pela virada no placar.

Aos 17, Mancini deixou sua marca. Henrique realizou belo cruzamento, Willians ajeitou na segunda trave, a bola caiu a serviço do meia de 34 anos, só para escorar para as redes catarinenses. Buscando o empate, o Joinville se atirou ao ataque com certa desorganização. A defesa do América-MG mostrava segurança e não permitia que os catarinenses chegassem próximos ao gol defendido por Matheus. A bola mais perigosa veio em chute de Harisson, exigindo grande intervenção do goleiro americano.

Mas o dia era do América-MG. Mancini fez bom cruzamento, e o zagueiro e aniversariante do dia, Vitor Hugo, cabeceou no ângulo. O goleiro Ivan ainda tocou na bola, porém não conseguiu evitar que a bola morresse nas redes do Joinville. 

VAVEL Logo