Cristóvão Borges exalta atuação do Fluminense contra o São Paulo: "Maravilhosa"
Cristóvão foi fundamental na evolução do Fluminense na temporada (Foto: Divulgação/Fluminense)

O Fluminense goleou o São Paulo na noite desta quarta-feira por 5 a 2 no Maracanã. Após um primeiro tempo ruim com domínio do tricolor paulista, que foi para o intervalo vencendo por 2 a 1, a equipe de Cristóvão Borges reagiu na etapa final marcando quatro gols para liquidar a partida. Para os jogadores, a conversa com o treinador durante o intervalo foi essencial. Cristóvão elogiou a atuação dos seus comandados.

"O primeiro tempo foi de dificuldade. Tínhamos um tipo de estratégia e não fomos bem sucedidos. O São Paulo é de alto nível, tem a posse de bola. No segundo tempo, avançamos a marcação. Jogamos pressionando, como temos feito, controlamos a partida. Viramos o jogo e tivemos atuação maravilhosa", elogiou o treinador.

Confira a coletiva de Cristóvão:

Conversa no vestiário

"Sempre tem conversa. Tomamos um gol. Tínhamos combinado sobre a movimentação dos jogadores deles, que eles permitem algumas coisas, mas se você não aproveita, eles aproveitam. Em uma desatenção nossa tomamos o segundo gol. Conversamos no vestiário sobre uma mudança de atitude, sim. Mudamos o jeito de marcar e dominamos completamente o segundo tempo."

Concorrência entre Walter e Fred

"Não tenho preocupação nenhuma. Se todos fizerem assim, ficarei tranquilo. Isso mostra que os nossos jogadores correspondem e temos grupo. Isso se faz necessário para ganhar o campeonato. Walter não é surpresa nenhuma. Ele foi contratado por isso. É goleador, decisivo."

Personalidade do grupo

"Todo trabalho que fazemos, nossa concepção de jogo também foi conversada. Vamos fazer que a equipe tenha o mesmo comportamento jogando no Rio ou fora. Nossa equipe é ofensiva, que joga para frente e foi assim no Maracanã e na Arena do Grêmio nas derrotas para Vitória e Grêmio. Então, estamos sempre próximos de vitórias porque temos mantido o nível de atuação muito bom."

Ausências de Cavalieri e Fred

"Fizemos algumas substituições, mas ganhamos de uma equipe que vai brigar pelo título. Ficamos tranquilos por lado porque temos os jogadores que entram e correspondem. Independente de qualquer coisa, nas próximas partidas, vou fazer alterações na equipe. E os jogadores que jogaram menos tem que manter esse nível de atuação da equipe. E isso tem acontecido."

Time sem empate

"Temos uma equipe naturalmente ofensiva, que tem jogadores muito técnicos e procuramos fazer com que jogasse de uma maneira organizada para não corrermos riscos. Temos que marcar bem, pressionar e tem dado resultado. Eu gosto e quero que a minha equipe jogue ofensivamente. Mas claro que tenho que ter outras formas de jogar porque temos que ter alternativas para conforme a necessidade, termos que alternar durantes os jogos."

Wagner

"A grande força nossa é a força de conjunto. No sistema que jogamos, tanto o Wagner quanto o Sobis tem uma função que dá equilíbrio ao time. Eles estão preparados e tem qualidade e ajudado muito. O Wagner mais uma vez fez um grande jogo."

Modelo do Fluminense

"O futebol brasileiro sempre foi e é ofensivo. Nosso diferencial é a qualidade técnica. Muitas equipes europeias agora têm isso. Evoluíram isso. Agregando a organização, estão na nossa frente. Como nós temos qualidade aqui isso se aproxima do futebol ofensivo que quero ter aqui. Estava incomodado. Perdemos jogando bem. Conseguindo ganhar como ganhamos, é gratificante e estamos felizes."

Meta antes da parada para Copa

"O campeonato vai ser dividido antes da Copa e depois da Copa. Todas as equipes vão sofrer modificações. É importantíssimo terminar essa fase na ponta, entre os primeiros. Vamos aproveitar para terminar as próximas rodadas também entre os primeiros."

A alegria de Walter

"Ele não deixou de ser alegre. Ele não estava jogando, mas continuava a mesma pessoa. Ele sabe do potencial dele, estava aguardando a oportunidade, ela apareceu e ele aproveitou muito bem. É um jogador altamente inteligente e nos deixa muito esperançosos com aquilo que podemos conquistar no campeonato."

Marlon substituto de Elivelton

"Será ele minha escolha. Falando dos outros, e ele é um garoto. Foi muito bem, primeira partida e entrar num jogo desse e ter o desempenho que ele teve é gratificante. E no próximo jogo, se o Elivelton não puder jogar e dificilmente estará jogando, o Marlon vai iniciar sim."

Desfalques contra o Bahia

"Fazemos avaliações do dia a dia. Cada vez mais o tempo de recuperação fica menor. E como repeti a equipe durante muitos jogos, isso desgastou bastante. Nosso estilo de jogo por si só facilita esse desgaste pelo ritmo intenso. E como o intervalo será bem menor, vamos alternar o time sim."

VAVEL Logo