Amadeu lamenta péssimo primeiro tempo na derrota para o Atlético-MG
Técnico já acumula duas derrotas no comando do Leão (Foto: Felipe Oliveira)

Após mais uma derrota dentro do Campeonato Brasileiro, o técnico Carlos Amadeu lamentou a fraca atuação do Vitória. Segundo o comandante, os treinamentos realizados por ele nas últimas semanas não surtiram efeito, ao enfrentar Atlético Mineiro e Palmeiras.

"Não posso falar do que aconteceu antes [com o técnico Ney Franco]. Posso falar de quando eu assumi. A gente trabalhou bem a bola aérea contra o Palmeiras e nos comportamos bem. Acho que só perdemos uma bola naquele jogo. Voltamos a treinar bastante essa semana. A gente sabia do jogo aéreo do Atlético-MG. Tentamos marcar em zona primeiro, e depois fizemos uma marcação individual. Infelizmente não surtiram efeito", disse

O treinador também afirmou que o primeiro tempo feito pelo Vitória foi muito ruim, porém ressaltou a melhor produção ofensiva do Leão na segunda etapa da partida. Amadeu também reconheceu as boas chances criadas pelo Galo, o mesmo acredita que o rubro-negro poderia ter saído de campo com um resultado pior:

"Infelizmente, venho falar com vocês [jornalistas] em outro momento triste. Fizemos um primeiro tempo muito ruim. O time esteve disperso, desconcentrado. O Atlético-MG envolveu a gente, chegando fácil e cruzando na área. No primeiro gol, marcamos a bola e esquecemos o Dátolo. No segundo tempo, tivemos uma postura melhor, mais agressiva. Com as mexidas, conseguimos diminuir a diferença, e aí faltou capricho e sorte em três oportunidades que podíamos ter saído com empate, pelo segundo tempo que fizemos. Mas não pelo primeiro tempo, que podíamos ter tomado cinco pelo volume de jogo do Atlético-MG", comentou.

Carlos Amadeu também comentou sobre as suas mudanças ao decorrer da partida, que acabaram sendo positivas para o Vitória, que conseguiu diminuir a vantagem atleticana no placar:

"Fui forçado a fazer a mudança do Tarracha. Um jogador que não jogava há muito tempo, sentiu e pediu para sair. Os outros dois foram opções minhas, porque Caio e Souza estavam vindo buscar muito a bola. Poderíamos ter uma sorte melhor", afirmou.

O zagueiro Luiz Gustavo, do Vitória, lamentou as falhas da defesa rubro-negra durante a partida. Luiz também citou toda a dificuldade para correr atrás de um resultado positivo para o Leão: "Infelizmente demos bobeira no começo do jogo. Saímos atrás e buscamos o empate para depois tentar algo", comentou.

O atacante Dinei elogiou a atuação do Vitória no segundo tempo, porém lamentou toda a fragilidade da defesa rubro-negra nas bolas aéreas: "Esse espírito do segundo tempo é que temos que levar adiante. Mas infelizmente temos sofrido com falhas de bola parada desde o começo do ano. Temos que melhorar isso aí", disse.

O Vitória retorna aos gramados nesse domingo (25), quando irá enfrentar o Botafogo em Macaé, às 18h30 (horário de Brasília). Na tabela, o Leão se encontra na 15ª colocação, com cinco pontos conquistados em seis jogos.

VAVEL Logo