Botafogo empata com o Vitória no Moacyrzão e permanece na zona de rebaixamento
Foto:Reprodução: Bruno Lima/ LANCE!Press

Botafogo e Vitória se enfrentaram neste domingo (25), às 18h30, no Moacyrzão, em Macaé. Emerson Sheik marcou o gol do alvinegro carioca no finalzinho do primeiro tempo, e Dinei marcou o gol de empate do rubro-negro baiano. Com o resultado, o Botafogo permaneceu na 17ª colocação e zona de rebaixamento, com cinco pontos. O Vitória também permaneceu no 15ª lugar, com seis pontos conquistados. 

Na próxima rodada, o Botafogo vai à Presidente Prudente, enfrentar o Palmeiras, no Prudentão, às 19h30. Enquanto o Vitória, mais uma vez fora de casa, irá medir forças com o Goiás, no Serra Dourada, às 21h00. 

Vitória começa melhor, mas o Botafogo equilibra a partida e abre o placar 

O rubro-negro baiano começou melhor a partida. Mas quem criou a primeira oportunidade do jogo foi o Botafogo. Wallyson foi lançado livre na esquerda, cortou a marcação e cruzou, mas Zeballos bateu de primeira e isolou. Após a chegada dos cariocas, o Vitória se organizou em campo, começou a trocar passes e chegar com perigo. Aos doze minutos, Bolívar deu bobeira na frente da área, Souza Caveirão roubou a bola, driblou Renan, mas um pouco sem ângulo, o atacante rubro-negro bateu pra fora. 

O Vitória pressionava o Botafogo. O alvinegro não conseguia respirar. Os baianos marcavam a saída de bola dos cariocas, obrigando o glorioso a dar chutões. Com dezessete minutos, desta vez com Marquinhos, O Vitória teve uma grande chance de abrir o placar :o atacante rubro-negro recebeu na entrada área, e soltou uma bomba. A bola passou raspando o travessão de Renan. Quatro minutos depois, o ex-Botafogo Caio, passou por dois marcadores, invadiu a área e bateu por cima. 

Finalmente, o Botafogo acordou na partida e começou a pressionar o Vitória. Wallyson recebeu, cortou a marcação e bateu pro gol, mas a bola passou longe do gol de Wilson. Aos 31 minutos, Lucas cruzou rasteiro, a bola passou por todo mundo, e, na segunda trave, Wallyson chegou a tocar na bola, mas não conseguiu desviar para o gol. O Botafogo pressionava o rubro-negro baiano, e a recompensa veio aos 42. Júnior César cruzou da esquerda, Alemão tirou mal, e, na meia-lua, Emerson Sheik dominou e bateu no ângulo de Wilson, abrindo o placar. 

Diferente do primeiro tempo, segunda etapa começa equilibrada 

O segundo tempo começou diferente da primeira etapa. O Botafogo queria o segundo gol para aumentar a sua vantagem e administrar o resultado. O Vitória queria o gol de empate. Aos sete minutos, Caio recebeu livre, cortou a marcação e bateu forte, sem dificuldades para Renan. O alvinegro carioca respondeu logo em seguida. Edílson cruzou, Wallyson dominou, mas na hora do chute a zaga rubro-negra chegou para travar. 

O Botafogo tentava pressionar o Vitória, como nos últimos minutos do primeiro tempo; Porém, os visitantes empataram. Danilo Tarracha recebeu de Marquinhos na linha de fundo e cruzou. Renan falhou e Dinei empurrou para o fundo das redes, empatando a partida no Moacyrzão. 

Após o empate, o jogo ficou aberto, com chances para os dois lados. Vágner Mancini mexeu na sua equipe, onde tirou Zeballos e colocou Sassá, para dar mais velocidade ao seu ataque. Com 27 minutos, o volante Gabriel salvou o Botafogo. Em contra-ataque em velocidade, Marquinhos tentou o passe para Dinei, que ficaria cara a cara com Renan, mas o jovem volante do Botafogo cortou para escanteio. Um minuto depois, aos 28, o glorioso respondeu. Wilson cortou mal o cruzamento de Wallyson, Sassá pegou a sobra e soltou um foguete, mas a bola passou raspando a trave do goleiro Wilson. 

Os rubro-negros atacaram aos 36 minutos, Cáceres deixou Willie cara a cara com Renan, o atacante baiano chutou forte à queima-roupa, e o goleiro salvou o alvinegro carioca. O Botafogo tentou responder, mas não conseguiu. No último lance da partida, o Vitória teve uma falta na entrada área. Ayrton cobrou e a bola passou tirando tinta da trave de Renan. Logo em seguida, o árbitro apitou o final do jogo. 

VAVEL Logo