Atlético-PR bate Coritiba e complica situação do rival no campeonato
(Foto: Reprodução/Twitter)

Neste Domingo (25), o Atlético Paranaense entrou em campo no estádio Willie Davids, em Maringá, para enfrentar o Coritiba. As equipes buscavam a vitória, o Atlético, mostrando grande evolução no último empate contra o Corinthians; e o Coritiba buscando seu primeiro triunfo no campeonato. Os técnicos tinham muito para arrumar na equipe: Celso Roth devia armar o time em busca do triunfo, que seria necessário para o Coxa, já Leandro Ávila, com menos pressão ao seu cargo (por enquanto interino), tinha de dar seguimento ao trabalho apresentado na última Quarta-feira contra o Corinthians, em São Paulo.

O Coxa, apesar de estar na zona de rebaixamento do campeonato, vinha apresentando-se bem nas partidas, levando azar ou muitas vezes tendo falta de qualidade escancarada, como no caso do gol perdido por Zé Love na última rodada, fazendo com que isso levasse a perda de seus resultados. Após uma primeira etapa truncada, o Atlético no segundo tempo conseguiu se impôr sobre o Coritiba e conquistar uma vitória tranquila, complicando ainda mais a situação do seu rival.

Na próxima rodada, o CAP recebe o São Paulo, na próxima quarta-feira (28) às 22h. O Coritiba viaja até Santa Catarina para enfrentar o Criciúma no Heriberto Hülse, também na quarta-feira, às 19h30.

Muito equilíbrio e poucas chances na primeira etapa

Na primeira etapa, o jogo foi muito truncado, os times se mostravam muito dispostos à forçar a marcação, não criando tantas oportunidades de gol. Apesar do equilíbrio, nos primeiros minutos quem teve melhor desempenho foi o Coritiba, conseguindo se impor mais, marcando forte e não possibilitando o Attlético de fazer seu jogo, mas não levava perigo ao goleiro Weverton.

O Atlético ainda conseguiu equilibar o jogo no meio do primeiro tempo, encaixando sua marcação e troca de passes, que fez com que o time começasse a ir mais ao ataque, levando perigo ao goleiro Vanderlei. Tendo acontecido isso, o Coritiba também conseguiu abrir o jogo, mas não levou perigo ao goleiro Weverton, apesar de desempenhar boa troca de passes no seu campo de ataque e conseguir boas finalizações à média distância.

Ainda no fim do primeiro tempo, o Atlético conseguiu seu gol com Natanael, que foi anulado equivocadamente com a marcação de um impedimento, ero bisonho da arbitragem no AtleTiba.

Atlético volta melhor e supera o Coritiba

Na segunda etapa, os times voltaram sem alterações, com apenas proposta de conversa nos vestiários para ir em busca do gol. Nos primeiros minutos, Natanael cobrou falta que obrigou o goleiro Vanderlei a fazer grande defesa para evitar o primeiro gol do Atlético. O Rubro-negro se mostrava mais disposto que o Coritiba, marcando forte na intermediária e conseguindo levar mais perigo ao gol Alviverde.

Aos dez minutos, em cruzamento de Sueliton, o Atlético conseguiu seu gol com Marcos Giulherme, que veio de trás, entrou na área e bateu de primeira mandando pro fundo das redes, fazendo seu segundo gol no campeonato. Em nova cobrança de falta de Natanael, que desta vez parou na trave, a bola sobrou na pequena área. Com o goleiro Vanderlei vendido no lance, o zagueiro Luccas Claro veio de encontro a bola e acabou colocando contra seu próprio patrimônio, marcando o segundo gol atleticano.

Daí pra frente, Leandro Ávila fez alterações para manter o resultado, já Celso Roth, tentou com suas alterações buscar o gol para diminuir o placar e, posteriormente buscar o empate, mas não conseguiu, decretando assim a vitória do Atlético na partida.

VAVEL Logo