Palmeiras tropeça em Santa Catarina e sai do G-4
(Foto: César Greco/Palmeiras)

O Palmeiras foi até Chapecó em Santa Catarina na noite deste domingo (25) para enfrentar a Chapecoense e não conseguiu repetir os bons resultados dos últimos três jogos pelo Campeonato Brasileiro, sendo derrotado por 2 a 0. Tiago Luis e Dedé fizeram os gols do time catarinense. O técnico interino Alberto Valentim sofreu a seu primeiro revés no comando do time.

Com a derrota, a equipe alviverde caiu para o quinto lugar na competição nacional e deixou a zona de classificação para a Libertadores, o chamado G4. O Verdão tentará recuperar o caminho das vitórias na cidade de Presidente Prudente, interior de São Paulo, no estádio Prudentão, na quarta-feira (28) contra o Botafogo às 19h30.

Após conseguir a primeira vitória no torneio, a Chapecoense voltará a campo também na quarta-feira contra o Internacional, jogando no estádio Centenário, às 21h, e espera deixar a zona de rebaixamento, mesmo fora de casa.

Palmeiras perde as poucas chances criadas e sofre castigo no fim  

O Verdão sofreu no primeiro tempo para armar jogadas, mas quando teve oportunidades claras, desperdiçou. Entretanto, os primeiros lances de perigo foram da equipe da casa que quase sempre chegava com o seu principal jogador em campo, Tiago Luis. O time alviverde conseguiu suas jogadas mais perigosas com Mendieta, Wesley e Marquinhos Gabriel.

O primeiro lance aos 16 minutos, o meia paraguaio recebeu na entrada da área e finalizou de primeira. A bola saiu com algum perigo. Já a segunda chance apareceu com uma linda jogada de Marquinhos Gabriel que passou por dois marcadores e finalizou para a defesa de Danilo.

Em duas cobranças de falta o Palmeiras quase abriu o placar, em um chute de  Wesley que quase pegou o goleiro adiantado e em outra cobrança de Mendieta no ângulo direito, também defendida.

Sem

aproveitar as chances, a Chapecoense seguia atacando com perigo e chegou ao gol ao 40 minutos. Fabiano recebeu livre na direita e cruzou para Tiago Luis, sozinho, finalizar para o gol.

Gol no começo atrapalha os planos do Verdão

Na segunda etapa, o Palmeiras mal conseguiu tempo para iniciar uma reação. Com dois minutos de jogo, mais uma vez Fabiano cruzou, Marcelo Oliveira rebateu muito mal para a entrada da área. Dedé pegou a sobra e finalizou no canto, sem chances para o goleiro Fábio.

Mesmo com maior posse de bola, o time de Palestra Itália não construiu jogadas mais incisivas e passou longe de alcançar o tão desejado gol. O time da casa seguiu levando perigo, com maior número de finalizações perigosas durante todo jogo.

A partir daí, a equipe paulista não mostrou poder para reagir e nem as entradas de Bernardo e Patrick Vieira surtiram muito efeito. Patrick fez duas boas jogadas, mas chutou nas mãos do goleiro. Aos 47 minutos, Felipe Menezes arriscou da intermediária e Danilo espalmou. Foi o lance de maior perigo do Verdão no segundo tempo, mas a primeira derrota de Alberto Valentim já estava decretada.

VAVEL Logo