Em jogo truncado, Atlético-PR e São Paulo ficam no empate em Uberlândia
Foto: Rubens Chiri/São Paulo FC

Depois de visitar o Cruzeiro na segunda rodada do Campeonato Brasileiro, o São Paulo visitou mais uma vez a Arena Parque do Sabiá em Uberlândia e ficou novamente no empate, agora contra o Atlético-PR, nesta quarta-feira (28), e com dois gols para cada equipe. Os mandantes do jogo tiveram vantagem duas vezes no placar, mas viram os visitantes correrem atrás do empate. O público foi pequeno: apenas 2.768 pagantes compareceram à peleja.

Com o empate, o Atlético-PR ocupa a décima primeira colocação do campeonato com 10 pontos somados em oito jogos. O próximo jogo do Furacão é contra o lanterna do campeonato, Figueirense, no próximo domingo (1), às 18:30h (de Brasília), no Orlando Scarpelli, em Florianópolis.

O São Paulo, com 12 pontos conquistados em oito rodadas, ocupa a oitava colocação do certame e volta a campo neste sábado (31), contra o Atlético-MG, que está na sexta colocação do Brasileirão com 14 pontos somados. O jogo será no Morumbi, às 18:30h (de Brasília), e marca o último compromisso das equipes antes da paralisação para a Copa do Mundo.

Atlético-PR comanda as ações e sai vitorioso no primeiro tempo

O jogo começou com muitos erros de passes e pouco aproveitamento do meio de campo das equipes, mas o time mandante conseguiu ser superior na primeira etapa, aproveitando o espaço que o sistema defensivo do São Paulo deixava. Aos trinta minutos, Bady teve liberdade para passar pelos zagueiros e chutar firme no canto esquerdo de Rogério Ceni e abrir o placar no Parque do Sabiá. Após o gol do Furacão, o time paulista tentou ameaçar o gol de Weverton aos 31 minutos, com um chute de Osvaldo, mas não conseguiu chegar com perigo e viu o time mandante comandar o meio-campo nos minutos finais do primeiro tempo.

Foto: São Paulo FC / Rubens Chiri
Foto: São Paulo FC / Rubens Chiri

São Paulo volta melhor para o segundo tempo e impõe pressão ao adversário

Após ir para os vestiários perdendo por um gol de diferença, o técnico do São Paulo, Muricy Ramalho, fez duas alterações na equipe e colocou os meias Boschilia e Hudson nos lugares de Alexandre Pato e Denilson, para dar mais mobilidade ao time e buscar o empate. Os visitantes foram crescendo em campo e no melhor momento do clube na partida, Luis Fabiano caiu na área e o árbitro marcou pênalti para o tricolor paulista. O goleiro Rogério Ceni foi para a cobrança e converteu a penalidade, deixando tudo igual no placar.

Com o gol marcado, o SPFC colocou seu time para o ataque e logo após o pênalti sofrido por Luis Fabiano, Osvaldo caiu dentro da área depois de um toque do zagueiro do Furacão, mas o árbitro não marcou nada e puniu o atacante tricolor com cartão amarelo por simulação. Os visitantes continuaram com o time no ataque, contudo viam o Atlético-PR contra-atacar com perigo no gol de Ceni, até que após um cruzamento pela esquerda, o atacante Cléo, que entrou no lugar de Ederson durante o segundo tempo, chutou de primeira e marcou o segundo gol dos rubro-negros.

O time do São Paulo não deixou de atacar: dois minutos depois de tomar o segundo gol, Osvaldo cruzou para área e após um desvio do lateral Natanael, a bola bateu no braço esquerdo de Luis Fabiano e entrou no canto direito do gol de Weverton. O jogo já estava nos minutos finais e, sem nenhuma jogada de perigo, terminou empatado em dois gols.

VAVEL Logo