Muricy critica atuações de São Paulo e Atlético-PR: "Foi um jogo horrível"
Muricy Ramalho não poupou críticas à partida entre São Paulo e Atlético-PR (Foto: Rubens Chiri/São Paulo FC)

Na noite desta quarta-feira (28), o São Paulo foi até Uberlândia, enfrentar a equipe do Atlético-PR pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro e ficou no empate em 2 a 2. O resultado não agradou o treinador Muricy Ramalho, que não escondeu o descontentamento com o nível técnico da partida.

"Foi um jogo horrível. Acho que não vi muita coisa nesse Brasileiro, mas o de hoje foi muito ruim. A bola não parava. Era só balão. Foi um jogo que não interessou para nós, só para o Atlético-PR, que tinha velocidade. Não foi um jogo pensado. Em nenhum momento conseguimos nos adaptar. As únicas coisas boas foram gols. Em um jogo ruim como esse, sair quatro gols, é algo que deve ser comemorado", disse Muricy.

Para o treinador, a ausência do meio-campista Maicon prejudicou a atuação do time do Morumbi e foi um dos fatores que resultaram na partida apagada do atacante Alexandre Pato"O Pato saiu porque não era jogo para ele, não se encontrou em nenhum momento. A bola quase não passou pelo meio. O Maicon fez muita falta, porque ele ajuda a armar o time junto com o Ganso. O Boschilia entrou e, mesmo sem ter se destacado, se adaptou mais ao jogo que era muito de combate", declarou o treinador.

Apesar das críticas, Muricy Ramalho fez questão de elogiar o atacante Luis Fabiano. O camisa nove sofreu o pênalti que resultou no primeiro gol do São Paulo na partida e marcou no último minuto o gol de empate. "Fico feliz por ele ter marcado. Ele é um cara que está lutando demais. Pena que não fez o outro gol na chance que teve. Ele normalmente não erra aquela jogada. Ele está merecendo demais [o gol]", declarou Muricy.

VAVEL Logo