Retornando à titularidade, Ananias afirma que o Sport foi superior ao Grêmio e lamenta chances perdidas
Atleta voltou ao time titular após ter sido afastado da equipe (Foto: Mateus Schuler/Vavel Brasil)

Na noite dessa quarta-feira (28), o Sport empatou, debaixo de chuva intensa em Recife, sem gols com o Grêmio na Ilha do Retiro, pela oitava rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. Por conta disso, o público foi aquém do esperado. Mesmo assim, os pouco mais de sete mil torcedores que se fizeram presentes incentivaram à equipe, que pressionou durante toda a reta final da partida.

As chances, inclusive, começaram com uma cabeçada à queima-roupa do meia-atacante Ananias, que agradeceu a presença e o incentivo da torcida, garantindo mais motivação para o duelo contra o Vitória, no próximo sábado (31), em Feira de Santana, na Bahia.

"Fico feliz pelo apoio da nossa torcida. Isso faz com que a equipe trabalhe ainda mais para conseguir as vitórias. Apesar de não termos marcado gols, acho que jogamos bem. Por isso, estou confiante para a sequência do Brasileirão. Chutamos várias vezes no final do jogo, e acho que vamos apostar nesse fundamento durante os treinos da semana. O

professor

Eduardo Baptista saberá preparar a equipe", comemora.

Despistando qualquer probabilidade de retornar à titularidade com a iminente saída do atacante Felipe Azevedo, o jogador considera o grupo forte e vai em busca do seu espaço entre os onze iniciais escolhidos pelo treinador.

"Ainda é cedo para falar alguma coisa. Temos um elenco qualificado, com concorrência, e temos que fazer o nosso melhor", analisa o polivalente.

Atuando na posição que já vinha acostumado, mas com função diferente do habitual, o meia-atacante leonino considerou como bom seu desempenho dentro de campo, armando jogadas e distribuindo a bola no setor ofensivo, tanto que atuou com a camisa 10.

"O sentimento foi bom por termos jogado bem. Enfrentamos uma equipe de cima da tabela. Mas o Marcelo estava inspirado. Foi ruim pelo empate, mas estamos fazendo boas partidas. A gente se impôs dentro de casa. A torcida aplaudiu. Faltou só um pouquinho de sorte para termos saído com a vitória", finaliza o atleta.

VAVEL Logo